App Conecte SUS será usado na campanha de vacinação contra Covid

O Ministério da Saúde vai usar o aplicativo Conecte SUS para controlar o plano de imunização contra a covid-19, que está previsto para iniciar em 20 de janeiro. Além disso, é importante que a população baixe o aplicativo Conecte SUS para ficar bem informado quanto às fases da vacinação.

Cerca de 8 milhões de doses das vacinas de Oxford e da Coronavac devem ser liberadas imediatamente após a autorização da Anvisa, que deve ocorrer neste domingo (17). A previsão é que até 5 milhões de pessoas dos grupos prioritários sejam imunizadas na primeira etapa.

As vacinas devem ser distribuídas de forma igualitária e proporcional aos 26 estados e ao Distrito Federal. Para que a população seja orientada sobre quem pode ir até os postos de saúde para receber a primeira dose na próxima semana, o governo prepara uma forte campanha de comunicação.

Um dos principais pontos desta campanha é a utilização do aplicativo Conecte SUS. Por isso é importante que as pessoas baixem o aplicativo e confiram se já estão cadastradas no sistema nacional gratuito de imunizações. Se ainda não, é necessário fazer o cadastro. 

Mas é importante ressaltar que este procedimento não é obrigatório e nem impede que a pessoa seja vacinada. Porém, participar do cadastro de imunizações facilita o processo e agiliza as vacinações.

Caso você faça parte dos grupos prioritários e seja convocado a ir até um posto de saúde, é imprescindível que tenha em mãos seus documentos pessoais de identificação, como CPF, RG, além da carteira de vacinação. Mas quem optar por baixar o aplicativo Conecte SUS vai ter uma facilidade: a plataforma já contém todas as suas informações pessoas e de vacinação. 

O aplicativo Conecte SUS é como se fosse uma carteira de vacinação digital. Além disso, o app possui diversas funcionalidades, como o calendário de imunização para que você acompanhe todas as fases com precisão.

aplicativo conecte sus

Grupos prioritários

Entre os grupos prioritários da primeira fase de imunização contra a covid-19 estão: indígenas, idosos que moram em asilos e profissionais da saúde que trabalham na linha de frente do combate à pandemia.

De acordo com o Ministério da Saúde, os estados e municípios ficarão responsáveis pela logística da imunização. Mas a orientação é que as vacinações aconteçam em postos de saúde.

A pasta ressalta a importância de baixar o aplicativo Conecte SUS, mas também lembra que o procedimento não é obrigatório, nem vai impedir de se vacinar quem não estiver cadastrado. 

Download e cadastro Conecte SUS

Baixar o aplicativo Conecte SUS é muito simples. O primeiro passo é ir até a loja de aplicativo do seu celular e pesquisar pelo nome da plataforma. Depois disso, é só começar o download.

Para fazer o login, é só clicar em “criar conta”, digitar seu CPF e criar uma senha. Em seguida, preencha todos os seus dados pessoais. Para ativar sua conta, basta optar se quer receber o código por SMS ou por e-mail.

Após feita sua escolha, você receberá o código de ativação. Copie o código e cole no campo indicado. Pronto, assim você poderá fazer login no app.

Após ter entrado no aplicativo, você terá acesso a todo o seu histórico de vacinação, consulta e exames feitos na rede pública de saúde.

Avatar
Jornalista formada pela Universidade Luterana do Brasil de Canoas/RS.

Deixe seu comentário