Revisão da aposentadoria: saiba como fazer a sua

Muitas mudanças aconteceram nos últimos anos, principalmente quando o assunto é aposentadoria, seja sobre os valores, sobre qual a idade para se aposentar e demais possibilidades.

Existem muitos erros monetários que podem ter sido cometidos na hora de fazer a conta da aposentadoria, deixando os beneficiários com um valor menor do que o esperado. Porém, nada que com uma análise mais minuciosa não possa ser resolvido.

Com uma nova visão para possíveis erros, o benefício também poderá ter uma  vistoria atualizada depois que novas normas foram publicadas, garantindo ao trabalhador valores mais altos. Seja qual for o seu motivo, há muitas possibilidades de modificar a aposentadoria, sendo esse um direito garantido ao segurado, mas, é preciso saber executar essa solicitação correta.

Veja abaixo mais informações sobre como funciona, quem pode solicitar, quais são as possíveis mudanças e demais questões se você possui interesse no assunto.

Revisão da aposentadoria

Como funciona a revisão da aposentadoria?

Essa reanálise do benefício tem como principal função corrigir os valores que são recebidos pelos beneficiários da previdência, principalmente para aqueles que estão insatisfeitos com o que foi acordado.

Essa questão geralmente é levantada quando acredita-se que há erros no cálculo ou quando existem novas comprovações jurídicas que garantem uma melhora no valor da aposentadoria.

Quais são as pessoas que possuem direito?

De uma forma geral, qualquer pessoa que tenha contribuído com a previdência social e que não está satisfeito com a situação, pode solicitar essa revisão. Os exemplos mais comuns de pedidos da vistoria são:

  • Valor errado relacionados aos salários da contribuição;
  • Novas ordens jurídicas que geram um aumento do benefício;
  • Aposentadoria de brasileiros que moram em outro país além do Brasil;
  • Em caso de vitória em reclamatória de ação trabalhista;
  • Incluir trabalho rural;
  • Em casos de aposentadoria por invalidez;
  • Em casos de pensão por morte relacionado ao auxílio doença;
  • Erros de cálculo, além de demais possibilidades.

Visto que existem muitas possibilidades de solicitar uma revisão, é de suma importância que o trabalhador realize o pedido com a ajuda de um profissional especializado, dessa forma, será orientado corretamente para a solicitação.

Ademais, será necessário uma análise a fundo para verificar se será mesmo uma vantagem para o trabalhador em questão, o que muitas vezes não pode ser.

Como posso solicitar a revisão da aposentadoria?

Não somente a revisão da aposentadoria é disponibilizado pelo INSS, mas também demais serviços. É possível fazer essa solicitação de forma online pelo portal Meu INSS ou de forma presencial. Caso prefira a forma presencial, é necessário telefonar para a Central de Atendimento por meio do número 135, procurando pelo serviço de revisão de benefício.

Depois de escolher, o atendente te dará uma data estimada para que possa levar os documentos necessários até a agência mais próxima de você, gerando assim a entrada no requerimento de forma concreta. No caso do atendimento por meio do aplicativo, tudo é feito de forma digital. Nesse caso, só é preciso acessar o site oficial do INSS e escolher a opção “Agendamentos/Solicitações”, localizado no painel inicial. Preencha com seus dados pessoais e aguarde a nova instrução.

Solicitação INSS

Uma nova tela irá aparecer da qual terá a opção “Novo Requerimento”, da qual estará disponível uma série de serviços disponíveis. Entre eles, é preciso selecionar “Recurso e revisão”. Ao clicar no botão de “Revisão”, você terá que atualizar seus dados cadastrais correspondentes.

Preencha todas as informações com muita atenção, visto que qualquer erro de digitação ou ortografia podem embargar o procedimento e a solicitação. Outra informação importante é a de adicionar o número de telefone e/ou de e-mail em que o contato aconteça de forma fácil, visto que será por lá que o INSS tentará contato caso for necessário para falar dos demais processos realizados.

Lembre-se que antes de solicitar esse pedido de revisão, é indicado analisar se realmente há algum erro no benefício por parte do INSS que comprove a solicitação, assim, analise com calma a carta de concessão e a memória de cálculo da aposentadoria. É por lá que as demais informações do INSS que foram consideradas para seu cálculo está localizado, principalmente os valores base.

Agora que você já sabe como funciona o procedimento, uma outra dica que pode ser muito válida é a de procurar um advogado especialista no assunto, visto que ele poderá te poupar muito tempo e às vezes até mesmo uma causa desnecessária, principalmente se tratando de atualizações de justiça brasileira e direitos dos trabalhadores, visto que são questões que podem demorar até mesmo longos anos.

Avatar
Jornalista formada pela PUCPR viciada em música de todos os tipos, livros e séries. Mestre em curiosidades inúteis, está sempre procurando fugir da rotina.

Deixe seu comentário