Prova de vida do INSS – O que é? Como vai funcionar?

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) tem como um dos seus principais procedimentos a prova de vida. Mas, afinal, o que é e como funciona? Neste post, respondemos essas questões e apresentamos informações essenciais sobre a prova de vida do INSS. Confira!

O que é a prova de vida do INSS?

prova de vida INSS

Trata-se de um procedimento que deve ser realizado anualmente por todo beneficiário do INSS, ou seja, aposentados, pensionistas, quem recebe auxílio doença, entre outros.

A finalidade é garantir que realmente se trata do beneficiário e ele está vivo, para evitar fraudes, pagamentos indevidos e desvio de dinheiro público, tornando todo o processo mais seguro para o cidadão e ao estado.

Como é feita a prova de vida do INSS?

Atualmente, existem duas formas de realizar a prova de vida do INSS, presencialmente e digitalmente por meio do aplicativo Meu INSS. Abaixo, indicamos como funcionam:

Prova de vida do INSS presencial

Trata-se da versão clássica disponibilizada a todos os beneficiários. Neste caso, é preciso comparecer a uma agência do banco em que recebe o benefício e apresentar um documento com foto a um dos atendentes.

Há instituições bancárias que modernizaram esse processo e disponibilizam o procedimento de prova de vida diretamente em terminais de autoatendimento, por meio do uso da biometria.

Prova de vida do INSS digital

Esta é uma versão que está na fase de projeto-piloto, ou seja, em teste. Devido à pandemia do novo coronavírus, o INSS viu a necessidade de evitar deslocamentos de beneficiários, a maioria aposentados e do grupo de risco. Por isso, criou um projeto para realizar a prova de vida digital.

Mas, como funciona? O beneficiário deve ter em seu celular o aplicativo gov.br ou Meu INSS, para realização de reconhecimento facial, que será feito por prova de vivacidade e de identidade.

Na prova de vivacidade, o beneficiário deve acessar o aplicativo, ativar a câmera frontal, centralizar o rosto, virá-lo para a direita, fechar os olhos, sorrir, virar o rosto novamente e capturar a biometria por meio de foto.

Já a prova de identidade é feita com a validação da biometria. Neste caso, o INSS cruza as informações encaminhadas com os dados do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e do Denatran (Departamento Nacional de Trânsito), para confirmação.

Como se trata de um projeto em fase de teste, a opção de prova de vida digital não está disponível para todos os beneficiários. Atualmente, somente 500 mil em todo o país conseguem realizá-la. Posteriormente, será liberada para todos.

Como saber se a prova de vida digital INSS foi liberada?

O INSS entra em contato por SMS informando que é possível realizar a prova de vida digital. Para evitar golpes e perda do benefício, fique atento ao número da mensagem: sempre será 280-41.

Qualquer mensagem que venha de outro número deve ser imediatamente desconsiderada, já que não foi encaminhada pelo INSS. Se for notificado e tiver alguma dúvida sobre a veracidade da mensagem, ligue para a central de atendimento do órgão no número 135 (ligação gratuita se feita de telefone fixo).

Requisitos para a prova de vida digital

Se a prova de vida digital estiver liberada para o beneficiário, os requisitos para conseguir realizá-la são ter um smartphone com câmera frontal (para efetuação da biometria facial) e conexão com a internet para encaminhamento de dados.

A prova de vida presencial INSS acabará?

Não, a proposta de prova de vida digital não tem como finalidade substituir a presencial, porque existem beneficiários que não têm celular ou acesso à internet. O objetivo é somente garantir uma alternativa mais prática, que evite deslocamentos de beneficiários e a sobrecarga de agências bancárias.

Para garantir que cidadãos que não têm celular ou acesso à internet consigam realizar o procedimento, a prova de vida presencial continuará a ser feita nos bancos, ainda que a digital seja efetivamente implementada.

Prova de vida INSS

Como proceder em problemas com a prova de vida digital?

Se tiver com problemas com o envio de informações pelo aplicativo, solicite suporte na central de atendimento do INSS, basta fazer uma chamada telefônica para o número 135.

Caso a prova de vida seja negada, verifique a possibilidade de refazê-la por meio do aplicativo. Se mesmo assim não conseguir concluí-la, será preciso comparecer à agência bancária para realizá-la pessoalmente, na forma clássica do serviço.

Flavio Carvalho
Gestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.

Deixe seu comentário