PicPay – Como funciona o PicPay? É seguro e Confiável?

Nos últimos meses, o PicPay foi muito útil para diversas pessoas que precisavam do valor do auxílio emergencial antes do prazo de saque determinado pela Caixa. Este foi um dos principais fatores que fizeram o serviço se tornar cada vez mais popular no período, mas muitas pessoas ainda ficam na dúvida sobre como funciona o PicPay.

O aplicativo está entre os mais baixados do Google Play e da App Store, e o PicPay já conta com mais de 38 milhões de usuários. Com ele, é possível pagar contas em mais de 1 milhão de estabelecimentos, e também fazer operações comuns como pagar boletos ou transferir dinheiro.

Todos os recursos do PicPay estão disponíveis na tela do seu celular, e a seguir nós vamos explicar como funciona o aplicativo e se ele é confiável.

picpay como funciona

Como funciona o PicPay?

O PicPay é uma carteira digital que serve para fazer uma série de transações financeiras, como pagamentos, transferências e até mesmo investimentos de maneira bastante prática.

A empresa é uma fintech brasileira, e seu objetivo é justamente é o de mudar a forma como os clientes movimentam dinheiro. Para começar a utilizar os serviços da carteira digital, você pode vincular um cartão de crédito à sua conta PicPay, adicionar dinheiro via pagamento de boleto, ou fazer transferência bancária.

No caso das transferências para adicionar dinheiro à sua própria conta PicPay, é possível realizá-las via TED, com um prazo de até uma hora útil para entrar na carteira; via DOC, com prazo limite de um dia útil; ou então via PIX, que funciona de maneira instantânea.

Enquanto isso, caso prefira adicionar valores por meio de boleto, o aplicativo irá gerar um código de pagamento e disponibilizar o documento no e-mail cadastrado. Nesse caso, o dinheiro pode levar até dois dias úteis após o pagamento do boleto para entrar na conta.

Já em relação aos pagamentos por meio do aplicativo, eles também podem ser realizados de forma simples e sem custo. É possível pagar contas com o leitor de código de barras ou digitando manualmente, e parcelar até mesmo parcelar valores acima de R$ 20. Além disso, o usuário ainda consegue pagar pessoas que também utilizam PicPay, adicionando contatos na sua rede.

Outra opção de pagamentos é o PicPay Card, cartão de crédito e débito da empresa que recentemente ficou disponível para todos os clientes. Já falamos sobre essa opção no nosso artigo sobre melhores opções de cartão de crédito de aprovação automática para contratar online.

PicPay é seguro e confiável?

A plataforma do PicPay segue todos os padrões de segurança de dados da certificação PCI. Os dados que o aplicativo recebe são criptografados e ficam armazenados em servidores seguros.

E assim como acontece com aplicativos internet banking, o sistema exige autenticação com senha pessoal ou identificação digital do usuários antes de efetuar qualquer transação financeira.

Entretanto, na página da empresa no site Reclame Aqui, o PicPay é classificado como “Regular”, apesar do índice de reclamações respondidas ser de quase 95%.

Em relação às taxas cobradas, não há nenhuma para recebimentos em contas pessoais, mas os usuários têm um limite envio de R$ 800 por mês. Ao ultrapassar esse valor, o PicPay cobra uma tarifa de 1,99% da quantia excedente. No caso dos parcelamentos, a tarifa é de 3,49 ao mês.

Como funciona o PicPay Card?

Conforme já comentamos, o PicPay Card é o cartão múltiplo da empresa, que agora está disponível para todos os usuários. Em janeiro, a fintech anunciou que chegou à marca de 2 milhões de cartões emitidos, apenas dois meses após alcançar o primeiro milhão.

Para ter acesso ao cartão, basta conferir se há um convite do PicPay disponível no aplicativo. Ele tem bandeira Mastercard, e pode ser usado em compras em sites e lojas físicas nacionais e internacionais.

Ao utilizar a função débito do cartão, o dinheiro sai automaticamente da carteira digital do cliente no PicPay. Já em relação à função crédito, o usuário escolhe a data para vencimento da fatura e pode pagá-la com o saldo de sua conta ou via boleto.

O PicPay Card não cobra taxas ou custos de anuidade, e ainda oferece cashback de até 5% nos valores gastos em compras. Falando em cashback, a empresa também oferece dinheiro de volta em pagamentos realizados por meio do aplicativo.

Felipe Matozo
Estudante de Jornalismo no Centro Universitário Internacional Uninter e ator profissional licenciado pelo SATED/PR. Ligado em questões políticas e sociais, busca na arte e na comunicação maneiras de lidar com o incômodo mundo fora da caverna.

Deixe seu comentário