Pix: Como utilizar o Pix para Pagar Contas de Luz (11 Estados Participantes)

Agora é possível pagar contas de luz utilizando o Pix, sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central. Desde novembro, quando o Pix foi lançado, as faturas digitais da empresa Neoenergia passaram a contar com um QR Code e com um link de redirecionamento para que o cliente realize o pagamento pelo sistema do BC.

Cinco estados brasileiros atendidos pela Neoenergia já possuem a facilidade de pagar contas de luz utilizando o Pix: Bahia, Pernambuco, Rio Grande do Norte, São Paulo e Mato Grosso do Sul. Além disso, a empresa garante que em breve as faturas impressas também virão com um QR Code para facilitar o pagamento.

Atualmente, estes 5 estados contam com a tecnologia, mas outros 6 devem aderir em breve. A CPFL, que atua em São Paulo, Paraná, Minas Gerais e Rio Grande do Sul promete adotar o sistema até o fim de fevereiro.

No Rio de Janeiro, Goiás, São Paulo e Ceará, a Enel também deve possibilitar que seus clientes possam pagar contas de luz utilizando o Pix. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) incentiva que as empresas de distribuição usem a ferramenta.

Outra boa notícia é que o sistema, além de facilitar o pagamento, pode gerar economia para os clientes e reduzir gastos com o setor elétrico, o que reflete diretamente nas tarifas de energia e no bolso do brasileiro.

Benefícios de pagar contas de luz com Pix

Por ser um sistema de pagamentos instantâneos, o Pix vai beneficiar muito os clientes, já que o pagamento cai na hora e isso evita o desligamento de energia em casos de inadimplência, além de agilizar o religamento do serviço, já que o prazo de 24 horas só passa a contar após a confirmação de pagamento da fatura.

Os benefícios para as distribuidoras de energia também são inúmeros, entre eles estão a diminuição de papel e a redução na logística e nos gastos para receber valores, já que hoje a concessionária precisa ter contrato com uma rede bancária. E como a distribuidora vai gastar menos, a consequência é uma tarifa mais barata sobre as bandeiras.

Como cadastrar sua chave Pix

O registro do PIX pode ser feito tanto no site quanto no aplicativo do banco onde você possui conta. Você pode usar seu CPF, CNPJ, e-mail e número de telefone celular. Para isso, é preciso confirmar que você tem uma chave e vincular à conta do Pix. 

A comprovação do vínculo de posse da chave é feita pelo seu e-mail. Você vai receber uma mensagem do banco com o link para comprovação; basta clicar nele que você comprova ter a chave do Pix.

Mas se no cadastro a chave for seu número de telefone, você vai receber um código por SMS. Ele deve ser inserido no aplicativo do seu banco para que a identificação seja confirmada.

Mas é preciso ficar atento, pois o Banco Central não realiza essas confirmações por ligações telefônicas, nem por links enviados por SMS ou por e-mail sem que você tenha solicitado. 

Lembre-se de nunca passar seus dados pessoais para terceiros a fim de cadastrar sua chave no Pix, muito menos clique em links que prometem isso. Evite também de fornecer seus dados através de ligações.

O Banco Central e as instituições financeiras que estão no Pix nunca vão utilizar esses meios para fazer seu cadastro ou identificação. Fique sempre atento para não cair em golpes ou passar por fraudes.

Avatar
Jornalista formada pela Universidade Luterana do Brasil de Canoas/RS.

Deixe seu comentário