Nota Fiscal Campinas: veja como funciona

A Nota Fiscal Campinas foi estabelecida por meio da Secretaria Municipal de Fazenda com o objetivo de simplificar a vida dos prestadores de serviços.

Aliado a isso, está o benefício referente ao custo — uma vez que as NFS-e não precisam de impressão.

Além disso, neste artigo, descubra outras vantagens a respeito da Nota Fiscal de Prestação de Serviços de Campinas. Saiba mais a seguir.

O que é Nota Fiscal Campinas?

Nota Fiscal Campinas

A Nota Fiscal Eletrônica de Serviços (NFS-e) do município de Campinas foi implantada para que a nota fiscal atual (de papel) fosse substituída pela nota fiscal eletrônica.

Assim sendo, o documento que foi emitido, é armazenado no próprio sistema da prefeitura de Campinas e tem como finalidade o registro de todas as atividades quanto à prestação de serviço.

Desta forma, a emissão de NFS-e evita que uma grande quantidade de papel fique acumulada nas organizações e, por conseguinte, preserva o meio ambiente.

Benefícios da Nota Fiscal Campinas

Além de facilitar as transações comerciais de quem presta serviços, a Nota Fiscal Eletrônica de Serviços gera créditos aos seus clientes.

Com a inserção desse sistema de nota fiscal, diversos benefícios são proporcionados aos usuários de seus serviços, como:

  • Custo de impressão é reduzido para prestadores de serviços;
  • Atividade do Contribuinte tem impacto reduzido;
  • Preenchimento de documentos de arrecadação e, erros de cálculo são eliminados;
  • Obrigações Acessórias aos Contribuintes são simplificadas;
  • Certificação Digital;
  • Documento Eletrônico tem validade jurídica;
  • Por meio do Fisco, ocorre o Controle em Tempo Real das Operações Realizadas;
  • Desenvolvimento do combate à sonegação;
  • Política de Contingências e Segurança.

Além desses benefícios, de acordo com o cronograma estabelecido pelo Fisco municipal, a Nota Fiscal Campinas (Nota Fiscal Eletrônica de Serviços) aos poucos, vai substituir a Notas Fiscais impressas.

Utilização da Nota Fiscal Campinas

Segundo o cronograma da Portaria DRM/SMF, de número 001/10, instituído na data 01/02/2010, são obrigados a emitir NFS-e:

  • Todas as pessoas jurídicas que prestam serviços e, que estão inscritas no município de Campinas;
  • Responsável por contratar serviços nomeados como Substitutos Tributários pelo Município.

Sobre o credenciamento

Todas as instituições que estabelecidas no município de Campinas são obrigadas a realizar a emissão de nota fiscal via sistema NFS-e.

Para emitir Nota Fiscal Eletrônica, é necessário efetuar o credenciamento através do preenchimento e emissão de um formulário.

Com o intuito de se credenciar, basta seguir o passo a passo:

  • Acesse o site Nota Fiscal de Serviços Eletrônica Campinas, ou clique aqui para ser direcionado à pagina;
  • Nesse site, role a página até o fim e clique em “Clique aqui”;
  • Ao fazer isso, outra janela vai ser aberta — é importante que desative o bloqueador de pop-ups;
  • Informe o seu CPF ou CNPJ;
  • Na próxima página, informe suas informações pessoais, endereço e seus contatos;
  • Clique em “Gravar”;

Após preencher todos os campos do formulário, clique em “Solicitar Credenciamento”. Assim que o fizer, vai ser emitida a solicitação com o número do protocolo gerado.

Primeiro Acesso

Abra o navegador de internet que está acostumado a utilizar, copie e cole este endereço: http://nfse.campinas.sp.gov.br/ e acesse o sistema.

Assim que acessar esse site, clique em “Para acessar o sistema, clique aqui”. Na página que for redirecionado, preencha os caracteres contido na imagem de verificação e informe o usuário e senha.

Agora, basta clicar em “entrar” e assim, terá o seu primeiro acesso!

No site Direitos, você tem conteúdos novos todos os dias. Se quiser fazer algum comentário, abaixo tem uma área destinada a essa finalidade!

Paulo Victor Silva
Estudante do curso de Jornalismo pela UFES. Dono de uma mente inquieta e curiosa. Além disso, é amante da leitura e apaixonado pela música.

Deixe seu comentário