Nota Enem 2020: entenda como e onde usar a nota

O Enem é o Exame Nacional do Ensino Médio, uma prova anual que tem como foco analisar a qualidade do ensino médio brasileiro. Mas, com o passar do tempo assumiu o papel de base para concessão de benefícios estudantis.

Entre eles, destaque para bolsas de estudos em universidades da rede particular, financiamento de mensalidades e vagas em universidades federais, estaduais e municipais.

Tais benefícios são obtidos apenas utilizando a nota do Enem. É justamente por isso que suas provas são vestibulares alternativos para muitos estudantes.

A seguir, indicamos como e onde você pode utilizar sua nota no Enem 2020. Confira e saiba quais benefícios estudantis podem ser acessados!

nota do enem 2020 como e onde usar

Prouni

O Prouni é o Programa Universidade para Todos, que tem como foco oferecer bolsas parciais (de 50%) e integrais (100%) em instituições de ensino superior particulares.

O candidato precisa cumprir pré-requisitos específicos para se candidatar a uma bolsa de estudos Prouni, tais como:

  1. Ter participado da edição mais recente do Enem e alcançado média simples mínima de 450 pontos em todas as provas, além de não ter zerado a redação;
  2. Possuir renda bruta mensal de até 1,5 salário mínimo per capita, se tentar uma bolsa integral;
  3. Ter renda bruta mensal de até 3 salários mínimos, caso tente uma bolsa de estudos parcial;
  4. Ser formado no ensino médio da rede pública ou na condição de bolsista integral na rede particular;
  5. Ter deficiência física;
  6. Ser professor da rede pública de educação básica.

Um detalhe importante sobre o Prouni 2021: as notas do Enem 2019 são válidas para novos processos seletivos, em virtude da pandemia do novo coronavírus e do adiamento do Enem 2020.

Sisu

O Sisu e o Sistema de Seleção Unificada, um programa em que universidades públicas cadastradas oferecem vagas em seus cursos para candidatos do Enem.

Isso significa que os aprovados no Sisu podem estudar em instituições de ensino públicas sem realizar o vestibular, apenas utilizando a nota que atingiram no Enem.

Para participar do processo seletivo Sisu, o candidato deve cumprir os seguintes requisitos:

  1. Ter feito a edição mais recente do Enem e não ter zerado a redação;
  2. Não ter feito o Enem na condição de treineiro.

A inscrição no Sisu é gratuita e online. O edital do Sisu 2021 está programado para ser divulgado após a liberação das notas do Enem 2020. Portanto, quem fez essa edição conseguirá utilizar a nova nota.

Vale ressaltar que as universidades estabelecem critérios próprios para seleção, como que o candidato tenha uma nota mínima no Enem para concorrer a uma determinada vaga.

Caso tente se inscrever para uma vaga e não tenha a nota mínima, não será possível finalizar o processo e o candidato terá de escolher um novo curso.

Fies

O Fies é o Fundo de Financiamento Estudantil, um programa de financiamento de mensalidades em universidades privadas. Para participar do processo seletivo, é preciso:

  1. Ter feito uma das edições do Enem a partir de 2010 e ter atingido média igual ou superior a 450 pontos, além de não ter zerado a redação;
  2. Possuir renda familiar mensal bruta entre 1 a 3 salários mínimos por pessoa.

O primeiro processo seletivo Fies 2021 está com inscrições abertas: é possível realizá-las até o dia 29 de janeiro, no site do programa. O resultado estará disponível no dia 2 de fevereiro também no site.

Para mais informações sobre as etapas do processo seletivo, acesse o site oficial do Fies.

Universidades portuguesas

Universidades de Portugal também utilizam a nota do Enem como critério para aceitar alunos brasileiros. Trata-se do convênio do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) com instituições de ensino superior portuguesas.

Cada universidade escolhe como usa a nota do Enem e o peso que ela tem no processo seletivo, portanto, se tiver interesse nessa modalidade é só verificar com a instituição de ensino como funciona o uso da nota.

A Universidade de Coimbra e a Universidade do Algarve são duas opções que utilizam a nota do Enem. Mas, o governo não financia os estudos dos brasileiros em Portugal. No país, as universidades são pagas.

Universidades particulares

Instituições de ensino superior como Uninove, Estácio de Sá e Anhembi Morumbi têm programas próprios de concessão de bolsas de estudos com base na nota do Enem.

Concursos públicos

Há concursos públicos que aceitam a nota do Enem para eliminação e classificação dos candidatos. É o caso do Curso de Formação de Oficiais do Corpo de Bombeiros da Paraíba e da Secretaria de Planejamento e Gestão de Minas Gerais.

Flavio Carvalho
Gestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.

Deixe seu comentário