MS Digital: aplicativo trás versão digital do cartão SUS

Agora, os sul-mato-grossenses que não têm o costume de carregar consigo o Cartão SUS, podem ter esse documento por meio do aplicativo MS Digital.

Com esse app instalado no aparelho celular, a pessoa consegue ter acesso ao seu histórico de atendimento na rede pública.

Quer saber mais sobre o assunto? Preparamos um post que vai te deixar por dentro do que é esse aplicativo! Saiba mais a seguir.

Facilidade com o MS Digital

MS Digital

Com o aplicativo MS Digital, não vai ter mais desculpa para dizer que esqueceu o Cartão SUS em casa.

Para ser atendido pelo Sistema Único de Saúde, geralmente é preciso apresentar o Cartão SUS — exceto em casos de calamidade pública, como a pandemia advinda da covid-19.

Desta forma, o app MS Digital chegou para facilita a vida dos sul-mato-grossenses, pois reuni o máximo de serviços públicos e ocupa pouco espaço no smartphone.

Sobre o MS Digital e como instalar

Você consegue encontrar o aplicativo nas lojas virtuais multiplataforma. O app MS Digital tem a capacidade de reunir todos os serviços públicos e, sem ocupar muito espaço nos smartphones.

Isso porque o app tem apenas 32 MB, quantidade que fica armazenada nos aparelhos de celular.

Como instalar o aplicativo

É bem simples instalar o aplicativo. Para isso, basta que o usuário tenha um dispositivo móvel com acesso à internet e, o número de seu CPF.

Depois que baixar o MS Digital, e ter feito o cadastro de novo usuário, clique em “Saúde”. Escolha a opção “Cartão SUS Online”; insira o seu CPF e, se quiser que o aplicativo memorize os dados, salve a informação.

Serviços disponíveis no aplicativo

De acordo com Sandro Chacha, coordenador de sistemas de informação e conteúdo, a ferramenta é aprimorada sempre que é preciso.

Além disso, Sandro afirmou que o aplicativo não é limitado. Ou seja, o app suporta o tanto de serviços que forem disponibilizados na plataforma.

É preciso ter o app para ser vacinado contra a covid-19?

Desde o início da campanha de vacinação contra o novo coronavírus, destinada aos grupos prioritários em todo o Brasil, muitas dúvidas surgiram a respeito de quais documentos devem ser apresentados no momento de receber a vacina.

Desse modo, conforme comunicou a Secretaria Estadual de Saúde (SES), o cidadão precisa apenas informar o número de seu CPF assim que for se vacinar.

No entanto, caso a pessoa tenha o CSN — Cartão Nacional de Saúde —, mais conhecido como SUS, em mãos (cartão físico) ou instalado em seu celular, vai ter mais agilidade na hora de ser atendido.

Vantagens do Cartão SUS

Além de fazer com que a rede pública de saúde tenha mais facilidade em acessar o histórico do paciente, através do Cartão SUS é possível identificar, controlar e monitorar a quantidade de pessoas que foram imunizadas.

Com isso, a duplicidade de vacinação é evitada. Além do mais, permite o controle a respeito de qual vacina a pessoa recebeu, o produtor, o seu lote e o tipo de dose aplicada.

Embora não seja uma obrigação ter o documento em formato físico ou digital, aqueles que quiserem adquirir o Cartão SUS para se vacinar, é possível deixá-lo salvo no celular.

Pois, pelo app MS Digital, a pessoa pode consultar a versão online desse documento.

Paulo Victor Silva
Estudante do curso de Jornalismo pela UFES. Dono de uma mente inquieta e curiosa. Além disso, é amante da leitura e apaixonado pela música.

Deixe seu comentário