Jovem Aprendiz 2021: como funciona e seus benefícios

Encontrar o primeiro emprego é um desafio e tanto para muitos jovens, no entanto, eles podem contar com a ajuda do Programa Jovem Aprendiz 2021 nessa nova fase.

Com esse programa, os jovens não precisam se preocupar com o fato de não ter experiência — algo muito exigido pelo mercado de trabalho.

Então, se quer fica mais por dentro do Programa Jovem Aprendiz 2021, basta continuar a leitura deste artigo. Boa leitura!

Como funciona o Programa Jovem Aprendiz 2021?

Jovem Aprendiz 2021

Esse programa do governo, através da capacitação profissional, tem como finalidade a inclusão social de jovens no mercado de trabalho.

Dessa forma, ele foi instaurado e vigorado sob a Lei nº 10.097/2000, na qual institui que as empresas de médio e grande porte devem ofertar oportunidades aos jovens.

Quanto a essa chance de entrar no mercado de trabalho, as organizações precisam ofertar cerca de 5% a 15% de suas vagas ao menor aprendiz.

Qualificação do Jovem Aprendiz

Tendo como objetivo deixar o jovem mais preparado para atuar em seu novo emprego, muitas empresas oferecem matrícula em cursos que lhes dê qualificação e que sejam relacionados com a função que vão desempenhar.

Assim que a vaga no programa é conquistada, o jovem tem orientação de supervisores a fim de executar funções, como:

  • Atendimento ao público/telefonemas;
  • Orientação de clientes (bancos, por exemplo);
  • Distribuição de senhas;
  • Cadastrar informações no sistema;
  • Entre outras.

 

Além de aprenderem uma nova profissão, no Programa Jovem Aprendiz, os jovens têm benefícios e recebem um salário que faz jus as horas trabalhadas em um mês, que só podem ser cumpridas fora do horário escolar.

Benefícios e salários do Jovem Aprendiz 2021

Todos os benefícios que os jovens têm direito são garantidos pela Lei de Aprendizagem (Lei nº 10.097/2000).

Ademais, os jovens recebem mensalmente um salário de acordo com sua carga horária.

A seguir, confira os outros benefícios concedidos a quem participa do Jovem Aprendiz 2021:

  • Plano de Saúde ou odontológico;
  • Auxílio Transporte ou Alimentação;
  • Décimo Terceiro Salário;
  • FGTS — Fundo de Garantia por Tempo de Serviço;
  • Carga horária de 4 a 6 horas por dia;
  • Férias — que devem ser junto à escola.

A respeito do salário, ele pode ser um valor que varie de acordo com a empresa contratante. Há instituições que efetuam o pagamento compatível com as horas trabalhadas e para isso usam, como base, o salário mínimo.

Quais são os requisitos para se inscrever no programa?

Para que o jovem consiga se inscrever no Programa Jovem Aprendiz 2021, ele precisa atender alguns requisitos.

Os critérios para participar do programa, são:

  • Possuir idade entre 14 a 24 anos — exceção às pessoas portadoras de necessidades especiais;
  • Estar com o ensino fundamental ou médio em curso ou tê-lo finalizado e que conste que teve boa frequência de aulas;
  • Disponibilidade de 4 a 6 horas por dia;

Veja também: O que é preciso para trabalhar como Jovem Aprendiz

Algumas organizações têm seus próprios requisitos, como por exemplo, a respeito do quesito oferta de vagas, cujo oferecimento é destinado a adolescentes entre 15 a 17 anos de idade — Adolescente Aprendiz.

Ficou com alguma dúvida ou quer fazer um comentário? Fique a vontade, abaixo tem uma área destinada a essa finalidade!

Paulo Victor Silva
Estudante do curso de Jornalismo pela UFES. Dono de uma mente inquieta e curiosa. Além disso, é amante da leitura e apaixonado pela música.

Deixe seu comentário