IPVA 2021 SP – Consulta, Valores, Pagamentos e Prazos

Anualmente, todo proprietário de veículo automotor no estado de São Paulo deve pagar o IPVA 2021 SP. O IPVA 2021 SP é um tributo obrigatório destinado ao recolhimento de verbas para os cofres públicos.

A seguir, esclarecemos todas as informações sobre o IPVA 2021 no estado paulista. Confira, saiba como consultá-lo e demais dados essenciais sobre o tributo!

O que é o IPVA 2021 SP?

Trata-se do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores, um imposto anual que deve ser pago por todo dono de veículo. O dinheiro arrecadado pelo governo com o tributo é utilizado para prestar serviços à população, sem necessariamente estarem atrelados ao trânsito do estado.

Como consultar o IPVA 2021 Detran SP

A consulta IPVA 2021 SP é um procedimento gratuito que pode ser realizado pessoalmente em postos de atendimento do Detran SP ou online, que é uma alternativa muito mais prática.

Veja, a seguir, como efetuar o serviço:

1- Acesse o serviço de consulta do IPVA 2021 SP;

2- Informe o Renavam (Registro Nacional de Veículos Automotores, que pode ser identificado no canto superior do CRLV – Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo) e placa;

3- Selecione a caixa de recaptcha;

4- Clique em “consultar”.

Pronto! A página será atualizada e exibirá informações sobre débitos vinculados ao veículo, incluindo o IPVA. Se estiver em aberto e ainda não foi inscrito na dívida ativa, será possível emitir a guia de arrecadação e pagá-la em locais autorizados.

Valores IPVA 2021 SP

O valor IPVA 2021 SP pode ser verificado diretamente na página de consulta de débitos, conforme procedimento indicado anteriormente.

Além disso, também existe a possibilidade de conferi-lo realizando uma consulta de débitos e restrições no site do Detran SP, conforme indicado a seguir:

1- Acesse a página do serviço no site Detran SP;

2- Selecione se deseja obter informações sobre seu veículo ou de terceiros. Se for seu, será preciso realizar um cadastro no site;

3- Informe a placa e Renavam do veículo;

4- Clique em “avançar”.

Se o IPVA 2021 SP já tiver sido lançado, o valor constará como “em aberto” e será possível saber o montante a ser pago. Essa consulta também é uma alternativa para verificar informações como multas em aberto, licenciamento, entre outras.

Como pagar o IPVA 2021 SP?

O IPVA 2021 SP é pago de duas formas, cabendo ao proprietário do veículo escolher a que melhor se adequar às suas finanças no momento:

Pagamento à vista

Trata-se do famoso pagamento em cota única, ou seja, paga-se todo o imposto de uma vez. Se optar por essa alternativa, há um desconto de 3% sobre o valor total do IPVA.

Pagamento parcelado

O proprietário do veículo pode parcelar o IPVA em até três vezes no boleto, mas não há desconto nessa modalidade. Caso queira pagar no cartão de crédito, também é possível, mas há um detalhe especial a ser considerado: um acréscimo no valor.

Para essa alternativa basta se dirigir a uma das empresas parceiras e solicitar o pagamento da taxa com cartão de crédito. Se estiver de acordo com o novo valor, quite a dívida. Interessado nessa modalidade? Então, veja aqui quais são as empresas parceiras.

Calendário IPVA 2021 SP

Recentemente, foi divulgado o calendário oficial do IPVA 2021 SP!

Confira abaixo as datas de vencimento para você seguir planejando seu pagamento!

Automóveis, caminhonetes, ônibus, micro-ônibus, motos e similares:

Final da Placa 1ª parcela ou cota única com desconto 2ª parcela ou cota única sem desconto 3ª parcela
1 Até 07 de janeiro Até 09 de fevereiro Até 09 de março
2 Até 08 de janeiro Até 10 de fevereiro Até 10 de março
3 Até 11 de janeiro Até 11 de fevereiro Até 11 de março
4 Até 12 de janeiro Até 12 de fevereiro Até 12 de março
5 Até 13 de janeiro Até 18 de fevereiro Até 15 de março
6 Até 14 de janeiro Até 19 de fevereiro Até 16 de março
7 Até 15 de janeiro Até 22 de fevereiro Até 17 de março
8 Até 18 de janeiro Até 23 de fevereiro Até 18 de março
9 Até 19 de janeiro Até 24 de fevereiro Até 19 de março
0 Até 20 de janeiro Até 25 de fevereiro Até 22 de março

Caminhões:

Final da Placa Cota única com desconto Cota única sem desconto 1ª parcela 2ª parcela 3ª parcela
1 Até 08 de janeiro Até 15 de abril Até 10 de março Até 15 de junho Até 15 de setembro
2 Até 07 de janeiro Até 15 de abril Até 09 de março Até 15 de junho Até 15 de setembro
3 Até 11 de janeiro Até 15 de abril Até 11 de março Até 15 de junho Até 15 de setembro
4 Até 12 de janeiro Até 15 de abril Até 12 de março Até 15 de junho Até 15 de setembro
5 Até 13 de janeiro Até 15 de abril Até 15 de março Até 15 de junho Até 15 de setembro
6 Até 14 de janeiro Até 15 de abril Até 16 de março Até 15 de junho Até 15 de setembro
7 Até 15 de janeiro Até 15 de abril Até 17 de março Até 15 de junho Até 15 de setembro
8 Até 18 de janeiro Até 15 de abril Até 18 de março Até 15 de junho Até 15 de setembro
9 Até 19 de janeiro Até 15 de abril Até 19 de março Até 15 de junho Até 15 de setembro
0 Até 20 de janeiro Até 15 de abril Até 22 de março Até 15 de junho Até 15 de setembro

O que acontece se não pagar o IPVA 2021 SP?

Nem sempre é possível pagar o IPVA 2021 SP por conta as finanças apertadas no começo de ano. Além disso, há aqueles que simplesmente se esquecem da taxa. Mas, o que acontece se não quitar o tributo? Veja, abaixo, as consequências:

Crescimento da dívida

Sobre o valor original do IPVA há incidência de juros e multa no pagamento em atraso, aumentando consideravelmente o débito conforme se passam os meses, o que pode dificultar quitá-lo.

Inscrição na dívida ativa

Quando o débito permanece em aberto por muito tempo, ele pode ser inscrito na dívida ativa. Neste caso, há uma multa extra de 40% do valor devido, além de outras complicações como a impossibilidade de conseguir linhas de crédito, assumir cargos públicos, utilizar determinados serviços do governo, entre outras.

Impossibilidade de fazer o licenciamento anual

Para realizar o licenciamento anual obrigatório é preciso estar com todas as taxas do veículo em dia, o que inclui o IPVA 2021 SP. Se não pagar o tributo, não será possível fazer o licenciamento, muito menos renovar o CRLV, colocando o automóvel em situação irregular, ou seja, não será possível conduzi-lo.

Deixe seu comentário