IPVA 2022 AL – Consulta, Valor e Como Vai Funcionar

O IPVA AL (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores de Alagoas) é um tributo anual obrigatório que deve ser pago por todos os proprietários de veículos do estado.

Sua principal finalidade é arrecadar verba para prestação de serviços públicos à população, como os de educação, saúde, segurança, entre outros.

Aqui, você confere todas as informações sobre o IPVA 2022 AL! Confira e saiba como consultar o imposto e valores, inclusive como pagar o tributo.

ipva

Consulta IPVA AL

A consulta ao IPVA AL é feita no site do Detran com total praticidade e agilidade. A seguir, apresentamos um passo a passo para verificar informações sobre o tributo:

  1. Acesse o site do Detran AL;
  2. Selecione a aba “veículos”, disponível no menu de serviços;
  3. Informe a placa e o Renavam do veículo;
  4. Marque a caixa de recaptcha;
  5. Clique em “acessar”;
  6. Selecione a opção de taxas e IPVA.

Um detalhe importante: o Renavam é o Registro Nacional de Veículos Automotores, que é uma informação que consta no CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo).

Valor do IPVA 2022 AL

O valor do IPVA 2022 AL pode ser consultado online, no site do Detran conforme passo a passo anterior. Também dá para saber quanto pagará no site da Sefaz (Secretaria de Fazenda do Estado). Confira, a seguir, como realizar a consulta no site da Secretaria:

  1. Acesse o site da Sefaz AL sobre o IPVA;
  2. Informe o Renavam e placa;
  3. Clique em consultar.

Como emitir 2ª via do boleto IPVA 2022 AL

O proprietário do veículo consegue emitir a segunda via do boleto do IPVA 2022 AL no site da Sefaz. Abaixo, apresentamos um passo a passo para obter o seu:

  1. Acesse o site da Sefaz sobre o IPVA AL;
  2. Clique em “boletos de IPVA”;
  3. Informe o Renavam e placa;
  4. Clique em “consultar”;
  5. Imprima ou salve a segunda via do boleto em seu dispositivo.

Como pagar o IPVA 2022 AL

O pagamento do IPVA 2022 AL pode ser feito em qualquer banco, tanto presencialmente como online. Caso opte por pagar pela internet, dá para quitar a dívida por aplicativo do banco ou internet banking.

Há duas formas de pagamento: em cota única (à vista) com desconto de 10% ou parcelado em até seis vezes. Caso parcele, não há desconto e o valor da parcela deve ser de R$ 100,00, no mínimo.

Calendário de pagamentos IPVA 2022 AL

O calendário de pagamentos do IPVA 2022 AL é divulgado no site do Detran e Sefaz. As datas costumam ser as mesmas anualmente, somente com ajuste para não cair em finais de semana e feriados.

Veja, a seguir, o calendário de 2021 para ter uma noção de quando precisará pagar o imposto:

Finais de placa 1 e 2

  • Cota única com desconto de 10%: 29/01
  • Cota única sem desconto: 26/02
  • Primeira parcela: 26/02
  • Segunda parcela: 31/03
  • Terceira parcela: 30/04
  • Quarta parcela: 28/05
  • Quinta parcela: 30/06
  • Sexta parcela: 30/07

Finais de placa 3 e 4

  • Cota única com desconto de 10%: 29/01
  • Cota única sem desconto: 31/03
  • Primeira parcela: 31/03
  • Segunda parcela: 30/04
  • Terceira parcela: 28/05
  • Quarta parcela: 30/06
  • Quinta parcela: 30/07
  • Sexta parcela: 31/08

Finais de placa 5 e 6

  • Cota única com desconto de 10%: 29/01
  • Cota única sem desconto: 30/04
  • Primeira parcela: 30/04
  • Segunda parcela: 28/05
  • Terceira parcela: 30/06
  • Quarta parcela: 30/07
  • Quinta parcela: 31/08
  • Sexta parcela: 30/09

Finais de placa 7 e 8

  • Cota única com desconto de 10%: 29/01
  • Cota única sem desconto: 28/05
  • Primeira parcela: 28/05
  • Segunda parcela: 30/06
  • Terceira parcela: 30/07
  • Quarta parcela: 31/08
  • Quinta parcela: 30/09
  • Sexta parcela: 29/10

Finais de placa 9 e 0

  • Cota única com desconto de 10%: 29/01
  • Cota única sem desconto: 30/06
  • Primeira parcela: 30/06
  • Segunda parcela: 30/07
  • Terceira parcela: 31/08
  • Quarta parcela: 30/09
  • Quinta parcela: 29/10
  • Sexta parcela: 29/11

O que acontece se não pagar o IPVA?

Quem não paga o IPVA enfrenta problemas junto ao Detran e Sefaz. Um deles é o crescimento da dívida, pois sobre o valor do imposto há incidência de juros e multas. Há, ainda, a possibilidade de inscrição do débito na dívida ativa.

Outro problema é a impossibilidade de fazer o licenciamento anual obrigatório. Caso não o faça, o veículo fica em situação irregular e o CRLV vencido. Se dirigir nessas condições, há o risco de ser autuado com uma infração gravíssima.

Flavio Carvalho
Gestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.

Deixe seu comentário