IPTU na cidade de Salvador 2021: Informações Completas

Muitos impostos são cobrados anualmente para todos os brasileiros, sendo que muitos deles possuem valores altos e em caso de atraso, podem gerar grandes quantidades de multas e também taxas acrescidas.

Um desses impostos mais conhecidos é o IPTU, lembrado por ser nome por extenso por Imposto Predial e Territorial Urbano, que é correspondente para todas as pessoas que possuem algum tipo de imóvel em território brasileiro.

Na cidade de Salvador não é diferente, todos os moradores ali precisam se preparar para fazer esse pagamento dentro do prazo estimado. Veja abaixo informações completas sobre esse processo.

IPTU na cidade de Salvador 2021: Informações Completas

IPTU na cidade de Salvador 2021: Informações Completas

Para os moradores da cidade de Salvador, é preciso ficar atento ao pagamento do IPTU, visto que é por meio desta arrecadação que a cidade fará demais manutenções, atualizações e demais implementações em seus serviços. Dessa forma, sua cidade ficará muito mais segura e com muitas melhorias, incluindo:

  • Iluminação de qualidade;
  • Manutenção de demais vias;
  • Atualização das sinalizações ali existentes;
  • Entre demais serviços.

É importante entender que esse imposto precisa ser pago por quem tem qualquer tipo de propriedade ou domínio útil de imóvel, seja essa pessoa física ou em condição jurídica. Mas, essa regra é válida apenas para aqueles que têm a propriedade ou terreno dentro dos limites de Salvador.

Como é feito o cálculo do valor do IPTU?

O valor do IPTU é variável, visto que ele depende do valor venal do imóvel, da área total construída, seja do terreno, do apartamento ou de casas, tendo sua incidência de acordo com qualquer imóvel construído, seja ele em zona urbana ou em área residencial.

É importante destacar que esse valor cobrado do imposto é obrigatório, sendo que o não pagamento do mesmo pode gerar até mesmo a perda do imóvel, principalmente no caso em que ele não for pago em anos seguidos, acumulando assim demais dívidas com seu município.

Como tirar minha segunda via do IPTU em Salvador?

Você quer emitir a segunda via do seu IPTU porém não sabe como executar esse processo? Veja abaixo um passo a passo simples, fácil e rápido para reproduzir em sua casa:

  • Acesse o site da Secretaria da Fazenda de Salvador, que é: http://www.sefaz.salvador.ba.gov.br/IPTU;
  • Escolha então a opção “Emissão da 2 via”;
  • Informe agora o seu número de inscrição do imóvel que quer fazer a consulta;
  • Escolha então o número de inscrição do imóvel que quer consultar;
    Como tirar minha segunda via do IPTU em Salvador?
  • Escolha novamente o ano de exercício, sendo no caso 2021;
  • Preencha o código de segurança que será requisito na parte debaixo e então aperte o botão de “Consultar”.

Depois de finalizar esse processo, você poderá acessar rapidamente a segunda via do seu carnê e assim, fazer o pagamento do mesmo.

Como fazer o pagamento do IPTU Salvador?

Agora que você possui o carnê em suas mãos, é comum que surjam dúvidas sobre quais os bancos filiados ao governo que realmente aceitam o pagamento do mesmo, visto que não são todos eles disponíveis. Os correntistas dos seguintes bancos tem maior comodidade, que são:

  • Banco Bradesco;
  • Banco do Brasil;
  • Caixa Econômica Federal.

Do contrário, será necessário pagar direto na boca do caixa ou por meio de uma transferência para outro banco, o que resultará em demais taxas do banco, o que nem sempre é muito confortável para algumas pessoas. Além disso, é importante lembrar que há a possibilidade de fazer esse pagamento direto em casas lotéricas também.

Desconto aplicado no IPTU Salvador

Foi anunciado no ano de 2020 que de maneira a movimentar o setor turístico de Salvador que foi afetado pela crise do Covid-19, uma nova lei foi sancionada, dando o desconto de 40% no IPTU de 2021 para os estabelecimentos que estão afiliados ao Programa Especial de Incentivos Fiscais à Atividade Turística, conhecido também como Proturismo.

Esse benefício será aplicado sem que se tenha a necessidade de fazer contrapartidas do programa em 2020, como é o caso do investimento em equipamentos ou demais capacitação de funcionários. É importante lembrar que o único requisito é estar adimplente com as obrigações tributárias existentes dentro do município.

Esse programa possui o prazo de validade de quatro anos, indo de 2020 até 2023, com o intuito de melhorar a qualidade dos serviços prestados pela rede de hotelaria da cidade. Até o momento, já foram registrados o benefício de 53 estabelecimentos pelo programa.

Avatar
Jornalista formada pela PUCPR viciada em música de todos os tipos, livros e séries. Mestre em curiosidades inúteis, está sempre procurando fugir da rotina.

Deixe seu comentário