Segunda via do IPTU 2021: como emitir online e pagar?

O início do ano é um momento conhecido por muitos por ser aquele em que uma grande quantidade de dinheiro será desembolsada para pagar os tão temidos impostos, sejam eles de carros, de motos ou de demais temas, como é conhecido também o IPTU, sobre imóveis, terrenos ou relacionados.

Se você precisa tirar sua segunda via do IPTU, porém está com dúvidas sobre como funciona esse processo, poderá ver aqui essa e demais questões sobre respondidas, tudo de uma maneira fácil, simples e rápida.

Acompanhe e fique por dentro.

Segunda via do IPTU 2021: Como emitir? Veja aqui!

Quer saber como emitir a sua segunda via do IPTU? Veja aqui como funciona esse procedimento e não perca a data de pagamento.

Primeiramente, será necessário entrar no site da prefeitura de sua cidade. Digite no Google “Segunda via IPTU Florianópolis”, por exemplo, agora, procure pelo site oficial do órgão. Veja o exemplo abaixo:

  1. Acesse o site da prefeitura de Florianópolis, que é: http://www.pmf.sc.gov.br/servicos/index.php?pagina=servpagina&id=5146;
  2. Agora, você precisará clicar no botão “Acessar online”;
    Segunda via do IPTU 2021: Como emitir? Veja aqui!
  3. Preencha com o número da Inscrição Imobiliária do imóvel em que deseja tirar a segunda via do IPTU;
    Segunda via do IPTU 2021: Como emitir? Veja aqui!
  4. Então, selecione a opção “Gerar 2ª via” ou “Consulta de débitos”.

Pronto, agora você já terá sua segunda via do IPTU com seu código de barras em mãos. É importante destacar que caso você tenha mais de um imóvel, é necessário tirar a via de cada um deles, por meio da inscrição imobiliária própria.

Dessa forma, fique atento no procedimento completo, data de pagamento e limite para pagar o imposto, do contrário, será necessário arcar com demais taxas e juros que são incluídos no valor final da taxa.

O que acontece se eu não pagar o IPTU? Fique atento!

Caso o contribuinte não faça o pagamento do imposto, terá seu débito registrado diretamente na dívida ativa, sendo assim, provocando até mesmo a tomada dos bens do proprietário do imóvel. Ademais, as empresas que têm dívidas do IPTU, não poderão participar de processos de licitações ou concorrências públicas.

Por isso é importante que você fique de olho caso o carnê não chegue em sua casa, visto que muitas cidades realmente não fazem a emissão do mesmo, enquanto outras, podem se atrapalhar também no envio do documento.

Independente de qual seja a forma de envio de sua cidade, é preciso atenção para não esquecer de efetuar o pagamento, visto que não será aceita nenhuma das justificativas para abono ou para diminuir as taxas inseridas no seu IPTU.

Por isso, verifique no site da prefeitura de onde você mora quais são as datas de pagamento e já se programe, do contrário, terá que arcar com demais problemas não só financeiros, mas também com o risco de perder o local correspondente.

Vale a pena pagar o IPTU parcelado?

Vale a pena pagar o IPTU parcelado?

Uma dúvida comum de quem precisa pagar o imposto é se vale a pena pagar o mesmo à vista, visto que muitas das cidades oferecem descontos válidos. Dependendo da quantidade do desconto, realmente vale a pena fazer o pagamento de forma à vista, principalmente se você possui dinheiro em caixa. Mas do contrário, pode valer a pena parcelar o mesmo, ainda mais para aqueles que não possuem dinheiro total para pagar no momento.

Caso seu IPTU esteja atrasado, o processo para tirar sua segunda via é o mesmo que já ensinado acima, sendo necessário emitir novamente a via e pagá-la. Lembre-se que ao emitir o boleto, provavelmente terá um valor diferente do esperado, isso acontece pela inserção de multas e taxas pelo atraso.

Essas cobranças podem mudar de acordo com o município que você mora, mas, o mais importante é conseguir regularizar a situação antes que se crie um problema ainda maior.

Isenção do IPTU: é possível?

Como já dito, os valores e regras mudam de acordo com cada município, neste caso, sabe-se que nas grandes capitais como Belo Horizonte, São Paulo e Rio de Janeiro, há a isenção do imposto para aposentados, pensionistas e demais possibilidades. Dessa forma, caso seu imóvel tenha valor venal abaixo do que é cobrado pela prefeitura, há chances que possa ser isento do mesmo.

Não perca tempo e procure saber mais sobre o IPTU em sua cidade, como funciona o processo de isenção, data de pagamento e demais informações.

Avatar
Jornalista formada pela PUCPR viciada em música de todos os tipos, livros e séries. Mestre em curiosidades inúteis, está sempre procurando fugir da rotina.

Deixe seu comentário