Atendimento presencial do INSS é retomado e gera transtorno no país

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) retomou algumas atividades presenciais nesta segunda-feira (14/09) em mais de 600 agências em todo o país, por meio de agendamento prévio. O órgão estava de portas fechadas há 5 meses, realizando apenas atendimentos remotos pelo Meu INSS devido à pandemia do Corona Vírus.

Na volta do atendimento presencial, o público, ao chegar no INSS hoje pela manhã, recebeu a notícia de que as perícias médicas estavam canceladas devido ao não comparecimento de médicos peritos contra a retomada. Em algumas localidades, o órgão nem sequer abriu.

O desacordo entre peritos e o instituto gerou filas e confusões por todo o território nacional. Em nota, o INSS indicou que o público afetado faça novamente o agendamento por meio do MEU INSS ou pelo telefone 135.

Atendimento presencial INSS

Como está o atendimento presencial do INSS?

Acre

O atendimento presencial no INSS do estado do Acre retornou sem nenhum problema, porém,  apenas a agência do centro de Rio Branco está funcionando. A instituição da capital é a única com equipamentos de proteção individual (EPI) e equipamentos de proteção coletiva (EPC) disponíveis. A previsão é que o atendimento nas cidades do interior sejam retomados na próxima semana.

Amapá

Diferente de outras localidades no país, o INSS do Amapá resolveu não retomar as atividades presenciais neste momento. O Instituto da região explicou que está se adequando para evitar contaminações do Corona Vírus e que o atendimento deve retornar a partir de 21 de setembro. A data será confirmada na próxima semana.

Roraima

Assim como no Acre, o atendimento em Roraima tem seu retorno presencial sem problemas, porém a reabertura foi inicialmente apenas nas unidades de Boa Vista, Caracaraí e Rorainópolis. O horário de funcionamento na retomada será de segunda a sexta das 7 às 13 horas.

Tocantins

A população que agendou consultas presenciais no INSS na região de Tocantins tiveram uma surpresa ao chegar no instituto ao se depararem com as portas fechadas. Sem aviso prévio, o órgão não abriu nesta segunda devido à falta de equipamentos de proteção. O atendimento deve ser retomado quando o problema de falta de EPI’s for solucionado.

Na sexta houve um possível movimento de greve por parte dos servidores do INSS da região que foram contra a volta do atendimento presencial. Por nota, o instituto garante estar havendo uma conversa direta entre a instituição e os representantes da categoria, na qual o INSS defende a volta do atendimento presencial devido ao fato de alguns procedimentos, como a perícia médica, por exemplo, não poderem ser feitos de forma remota.

Amazonas, Pará e Rondônia

Nos três estados da região norte o atendimento segue normal e sem nenhuma complicação relatada até o momento da publicação deste conteúdo.

Alagoas, Bahia, Ceará, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Sergipe

No estado de Alagoas, o atendimento presencial do INSS foi retomado em apenas 22 das 42 agências enquanto no estado do Piauí somente 10 locais receberam o público nesta segunda. Já nos estados da Bahia, Ceará, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Sergipe a quantidade de agências abertas não foi informado.

A confusão nas regiões ocorreram conforme o público ia chegando nas agências e sendo informado que todas as perícias médicas haviam sido desmarcadas. O INSS explicou que as perícias serão retomadas após uma vistoria comprovando que os ambientes de atendimento estão de acordo com o modelo adequado de prevenção ao Corona Vírus e que a população deverá remarcar o atendimento.

Maranhão

A população que formou filas nas inúmeras agências do INSS no estado do Maranhão voltaram para casa decepcionadas. Chegando ao horário previsto de abertura, o público foi informado que as agências não abririam nesta semana e que o atendimento só será retomado na próxima segunda (21). A informação que só foi dada hoje de manhã gerou confusão e revolta nas pessoas que haviam realizado o agendamento. O motivo do cancelamento não foi divulgado.

Paraíba

No estado da Paraíba apenas 9 agências do INSS retornaram o atendimento presencial, sendo elas na capital João Pessoa, e a dos municípios de Alagoa Grande, Areia, Bananeiras, Cabedelo, Guarabira, Mari, Pedras de Fogo e Sapé.

Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul

Assim como nas outras regiões do país, a indignação da população dos estados do Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul se deu por parte do cancelamento das perícias médicas sem aviso prévio.

No Distrito Federal, apesar da falta de perícia, todas as agências do INSS não credenciadas com o Serviço de Atendimento Imediato ao Cidadã (Na Hora) abriram para atendimento presencial. Nos outros estados da região Centro-Oeste não foi informado a quantidade de agências recebendo o público.

No estado de Goiás, assim como em Tocantins, houve um indício de possível greve de servidores na última sexta-feira (11) com o anúncio da retomada do atendimento presencial nas agências do INSS. Até o momento da publicação o atendimento segue normalmente na região.

Espirito Santo, Minas Gerais e Rio de Janeiro

Apesar do incidente com a perícia médica, o atendimento segue normal nos três estados da região Sudeste.

São Paulo

Em São Paulo não houve filas nem confusão, isso porque o desembargador federal Gilberto Jordan do Tribunal Regional Federal da 3° Região suspendeu a abertura do INSS no estado.

A ação foi realizada pelo Sindicato dos Trabalhadores do Seguro Social e Previdência Social no Estado de São Paulo (SINSSP). Na decisão, o desembargador avaliou que a retomada só deve ser feita após a apresentação de um plano seguro de prevenção de contaminação e a realização de novas vistorias. O INSS irá recorrer da decisão.

Paraná

No Paraná o público encontrou algumas agências fechadas e outras com falta de serviços. Em Curitiba, uma das agências da região central prevista para atendimento não abriu, enquanto outras duas só estavam recebendo documentação.

Nas cidades de Cascavel, Foz do Iguaçu, Guarapuava, Londrina e Ponta Grossa a população também encontrou algumas agências fechadas. Segundo o portal de notícias G1 Paraná em contato com a gerência de Cascavel responsável pela administração das 19 agências da região oeste e sudoeste, todas se manteram fechadas.

Santa Catarina e Rio Grande do Sul

Os dois estados seguem com o atendimento presencial sem maiores complicações. Em Santa Catarina, apenas 26 das 62 agências reabriram nesta segunda-feira. No Rio Grande do Sul, cerca de 30 sedes do INSS estão recebendo o público.

Ruan Felipe
Formado em Jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná e pós-graduando produção em cinema e mercado audiovisual. Editor e diagramador nas horas vagas.

Deixe seu comentário