FIES volta a oferecer vagas remanescentes no final de outubro

 

Na próxima segunda-feira (26) o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) voltará a receber inscrições para 50 mil vagas remanescentes do programa de crédito estudantil. O processo havia sido suspenso pelo Ministério da Educação (MEC) após estudantes relatarem instabilidades no sistema durante o cadastro.

No antigo prazo, as inscrições poderiam ser realizadas até o próximo dia 13 de novembro. No entanto, o ministério revogou a decisão devido aos problemas relatados.

O MEC explicou que para os estudantes que, mesmo com a instabilidade, concluíram o cadastro na data anterior, não precisarão realizar a inscrição novamente. O instituto governamental também divulgou as novas datas do programa, que poderão ser verificadas a seguir.

Novas datas para cadastro em vagas remanescentes do FIES

Após relatos de falhas no sistema de inscrição e a suspensão temporária de cadastros, o Ministério da Educação (MEC) divulgou as novas datas do programa, que retornarão os cadastros a partir de segunda-feira (26).

  • 26 e 27 de outubro: Os cadastros estarão disponíveis apenas para candidatos que estudam cursos em áreas de conhecimento prioritárias (setores da saúde, engenharias, licenciaturas e ciências da computação);
  • 28 de outubro até 3 de novembro: Neste período, estão liberados para inscrição todos os candidatos que ainda não se matricularam em instituições de ensino superior;
  • 28 de outubro a 27 de novembro: Na última categoria de cadastro, na terça-feira (27) e quarta-feira (28), os estudantes que desejam financiar as mensalidades no curso e turno em que já estão matriculados atualmente poderão realizar sua inscrição no sistema do FIES.

Como funciona o Fundo de Financiamento Estudantil?

O Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) foi criado em 1999 como uma opção mais acessível de financiamento estudantil. As taxas e juros são menores comparadas a outros prestadores de serviço que oferecem a modalidade.

Por meio do FIES, os estudantes que não têm condições para pagar a mensalidade, podem estudar em instituições privadas financiando o valor e efetivando o pagamento após se formarem.

O FIES conta com alguns pré-requisitos para o ingresso do estudante. Primeiramente, o candidato deverá, obrigatoriamente, ter realizado a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010. Ainda envolvendo o exame nacional, o estudante deverá ter tirado no mínimo 450 pontos na prova objetiva, e não ter zerado na redação.

No quesito financeiro, o financiamento estudantil governamental também tem restrições. O candidato não poderá ter a renda mensal per capita maior do que três salários mínimos. Analisando o requisito sobre o salário mínimo de 2020, atualmente em R$1.045, a renda não poderá passar de R$3.135 por pessoa.

Como posso me inscrever no Fies 2020?

As inscrições no Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) estão disponíveis no início de cada semestre. O candidato poderá se cadastrar por meio do Sistema Informatizado FIES.

Acessando o portal do fundo estudantil, o estudante deverá realizar as quatro etapas solicitadas na hora do cadastro, iniciando pela confirmação de dados pessoais e seguindo pela validação das informações na Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) até a contratação do financiamento no banco.

Feito todos os procedimentos e sendo aprovado para a participação do programa, basta aguardar o processo seletivo.

As vagas são preenchidas conforme a quantidade de vagas oferecidas. O critério de desempate entre os estudantes é baseado diretamente na nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

 

Ruan Felipe
Formado em Jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná e pós-graduando produção em cinema e mercado audiovisual. Editor e diagramador nas horas vagas.

Deixe seu comentário