Enem Digital 2021 – Como vai funcionar, quem tem direito de fazer a prova online

O Enem Digital 2021 é reflexo das mudanças causadas pela pandemia da covid-19. O exame impresso ainda vai ser realizado de forma presencial, nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021, mas também vai existir a opção de realizar a prova online, que acontece nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro.

Apesar de serem formatos de aplicação diferentes, as provas do Enem vão seguir as mesmas regras de distribuição de conteúdos. Veja só:

  • 1º domingo: 45 questões objetivas de Linguagens e Códigos, 45 questões de Ciências Humanas e Redação;
  • 2º domingo: 45 questões de ciências da natureza e 45 questões de matemática.

O gabarito oficial do Enem Digital 2021 está previsto para ser publicado até o terceiro dia útil após a realização das últimas provas, por volta do dia 29 de março de 2021.

Com a nota do Exame Nacional do Ensino Médio, os estudantes brasileiros podem se inscrever em programas do governo para conquistar bolsas de estudos em universidades particulares como o ProUni, realizar financiamentos estudantis com o Fies e ingressar em universidades federais com o Sisu.

Enem Digital 2021

Como funciona o Enem Digital 2021

Ao contrário do que muitos pensam, o Enem Digital 2021 não vai poder ser realizado no computador da casa do candidato. O participante deve ir até o laboratório de informática de uma universidade para fazer a prova.

Mas calma, já vamos te explicar como isso tudo vai funcionar. Após a realizar a inscrição no Enem 2021, você vai receber um cartão de confirmação com o endereço da faculdade e o laboratório de informática estabelecido pelo Inep.

É nesse local do cartão que você vai fazer a prova. A alternativa é devido ao ambiente ser seguro e por isso não haver possibilidade de fraude, já que os alunos vão ser supervisionados por fiscais do Enem.

Mesmo que a prova seja realizada de forma digital, a taxa de inscrição vai ser a mesma da prova impressa: R$ 85. Para pedir isenção de taxa, é necessário entrar na página do participante e realizar a isenção, justificando seus motivos.

É importante lembrar que a prioridade para realização do Enem Digital 2021 é das pessoas que pertencem aos grupos de risco, como gestantes, pessoas acima de 60 anos e quem possui alguma doença.

Quem pode participar do Enem 2021

Para se inscrever no Enem 2021, o candidato deve estar dentro de dois critérios: estar no terceiro ano do ensino médio ou já tê-lo concluído. Estudantes que estão no primeiro ou segundo ano do ensino médio podem fazer o Enem como treineiros.

Mas é importante lembrar que os treineiros não podem utilizar a nota do Enem para entrar nas universidades, já que ainda não possuem certificado de conclusão do ensino médio. Estes candidatos só vão poder acessar os resultados da prova 60 dias depois de o gabarito dos demais participantes ser divulgado.

Regras do Enem 2021

O Enem 2021 está com novas regras; e várias delas têm o objetivo de evitar aglomerações para impedir o avanço da Covid-19. Entre as novas medidas, estão salas especiais para pessoas dos grupos de risco.

Segundo o Inep, as características dos perfis mais vulneráveis ao vírus foram detectados com base nos dados de incrição do Enem 2021. Os grupos de risco do exame são:

  • Gestantes;
  • Lactantes;
  • Idosos;

Além disso, estão no radar do grupo de risco pessoas com doenças cardíacas, pulmonares crônicas, diabetes, obesidade mórbida, hipertensão, doenças imunossupressoras e oncológicas.

O Ministério da Educação também vai adotar protocolos de distanciamento social e de proteção durante as idas e vindas ao banheiro, com a utilização constante de álcool em gel e aferição de temperatura.

Além disso, o Inep ressaltou que o participante que não utilizar a máscara cobrindo totalmente o nariz e a boca, desde a entrada até o local das provas, vai ser automaticamente eliminado do exame.

O estudante também pode levar seu próprio álcool em gel para se higienizar constantemente. O participante também não deve esquecer de levar documento de identificação com foto e caneta esferográfica azul ou preta com o invólucro transparente. 

Avatar
Jornalista formada pela Universidade Luterana do Brasil de Canoas/RS.

Deixe seu comentário