Enem resultados 2021 – como e onde consultar

A divulgação dos resultados do Enem, o Exame Nacional do Ensino Médio, é sempre aguardada com ansiedade pelos participantes das provas. Não é para menos, afinal, a nota obtida pode ser utilizada para conseguir bolsas de estudos ou vagas em universidades públicas.

A seguir, indicamos como e onde consultar o resultado do Enem 2021. Confira e saiba de antemão como verificar sua nota no exame!

enem

Quando sai o resultado do Enem 2021?

A data oficial de divulgação dos resultados do Enem 2021 ainda não foi liberada, mas é possível verificá-la no site oficial do exame, especificamente no cronograma / calendário.

Vale lembrar que a data indicada no cronograma não é fixa. Um ótimo exemplo disso é o que aconteceu no Enem 2020: como as provas foram adiadas por conta da pandemia de COVID-19, a data de publicação dos resultados também foi postergada.

Mas, como sabe a data de divulgação dos resultados? Simples: fique de olho no site oficial do Enem, para acompanhar as novidades e ficar por dentro de eventuais mudanças.

Como e onde consultar os resultados Enem 2021?

Os resultados do Enem 2021 podem ser consultados no boletim individual de resultado, que traz todas as notas atingidas pelo participante em cada uma das provas realizadas.

O boletim individual de resultado era encaminhado pelos Correios, porém agora ficou mais rápido e simples saber suas notas: é possível verificá-lo pela internet, na Página do Participante do Enem.

Não sabe como realizar a consulta dos resultados Enem 2021? Confira este passo a passo que preparamos para facilitar e agilizar seu trabalho:

  1. Acesse o site do Enem;
  2. Localize e clique em “resultados”;
  3. Clique em “boletins individuais de resultado”;
  4. Selecione “boletins individuais de resultado – desde 2015”;
  5. Clique em “Página do Participante – entrar com gov.br”;
  6. Informe seu CPF e clique em “avançar”;
  7. Digite a senha cadastrada na inscrição do Enem e clique em “entrar”;
  8. Selecione “boletim individual de resultado”.

Caso não se lembre da senha de acesso, será preciso gerar uma nova para verificar o boletim. Neste caso, clique em “esqueci minha senha”, na plataforma gov.br, e siga as recomendações dadas na página para gerar uma nova.

Como é o boletim individual de resultado do Enem 2021?

Trata-se de um documento que informa as notas que o participante das provas atingiu em todas as categorias / matérias. Veja quais são elas:

  1. Redação;
  2. Ciências humanas e suas tecnologias;
  3. Matemática e suas tecnologias;
  4. Ciências da natureza e suas tecnologias;
  5. Linguagens, códigos e suas tecnologias.

Curiosamente, o boletim individual de resultado do Enem só aponta a nota atingida pelo candidato nessas categorias, mas não informa quais questões ele errou. No caso específico da redação, um espelho de correção será liberado posteriormente também na Página do Participante – portal gov.br.

Onde a nota do Enem 2021 pode ser usada?

A nota do Enem 2021 pode ser usada em programas do governo e da iniciativa privada de concessão de bolsas de estudos. Abaixo, indicamos quais são os mais concorridos:

Prouni

Trata-se do Programa Universidade para Todos, que oferece bolsas de estudo parciais (de 50%) e integrais em instituições de ensino superior particulares para participantes do Enem.

São feitas duas seleções anualmente e para participar de ambas o candidato precisa ter feito a edição mais recente do Enem e conquistado o mínimo de 450 pontos na média de notas. Também não pode ter zerado a redação.

Sisu

O Sisu é o Sistema de Seleção Unificada, plataforma em que instituições de ensino superior públicas disponibilizam vagas para participantes do Enem. Na prática, significa que candidatos ao Sisu podem estudar em universidades públicas sem passar pelo vestibular, apenas utilizando sua nota no Enem.

Para isso, é fundamental que tenha obtido uma excelente nota. Então, basta fazer a inscrição no Sisu no período indicado pelo programa e aguardar a liberação do resultado.

Fies

O Fies é o Fundo de Financiamento Estudantil, programa criado pelo Ministério da Educação que tem como finalidade custear a mensalidade em universidades da rede particular.

Conta com o diferencial de ter juros reduzidos (podendo chegar a zero) e formas de pagamento facilitadas, possibilitando a formação superior a pessoas de baixa renda com capacidade financeira de contratação de financiamentos.

Flavio Carvalho
Gestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.

Deixe seu comentário