Empregador Web – Como funciona? Tutorial do Cadastro e Requerimento Seguro Desemprego

O Empregador Web é um sistema desenvolvido pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) criado para facilitar o gerenciamento de recursos humanos da empresa e dos trabalhadores. Por meio do sistema é possível dar entrada no seguro desemprego, bem como controlar a folha de pagamento.

Ao centralizar todas as informações nesse portal, o Ministério do Trabalho te faz economizar formulários e tempo, afinal, todo o processo para requisição e contemplação de serviços é completamente online.

Ao usar o empregador web, as empresas podem ter mais segurança no gerenciamento de dados pessoais dos funcionários, além de economizar tempo com guias.

Mas como usar o empregador web? Aqui você aprenderá o passo a passo para usar a ferramenta.

O que é empregador web

Quais são os serviços do Empregador Web?

Anteriormente a digitalização dos serviços do Governo Federal, era uma correria com os documentos entre a empresa, contabilidade e Caixa Econômica Federal (Caixa) – instituição que validava o pedido e documentos para as empresas.

Para pessoa jurídica (empresas)

  • Consulta de obrigações trabalhistas;
  • Consulta a listagem de funcionários e controle da folha de pagamento;
  • Conferência dos benefícios previdenciários dos empregados;
  • Realização de dispensa de funcionários online;
  • Controlar pagamento de benefícios aos funcionários;
  • Controlar a contribuição previdenciária dos empregados;
  • Cálculo do seguro desemprego;
  • Gerenciamento dos recursos humanos;
  • Informações sobre a declaração de imposto de renda;
  • Pagamento do seguro desemprego.

Como funciona o Empregador Web?

A plataforma foi criada exclusivamente para os empregadores, mas, é claro, acaba beneficiando, também, os trabalhadores,já que o processo de requerimento do seguro desemprego web ficou muito mais ágil do que era anteriormente.

Leva apenas alguns minutos para que o patrão preencha o formulário e não demanda mais correrias com a papelada.

O único requisito para usar o empregador web é ter devidamente cadastrado o certificado digital  que valida a veracidade das informações da empresa. Somente quem tem o cadastro tem acesso às funcionalidades da plataforma.

No momento do cadastro da empresa, são solicitados alguns dados para gerar uma senha, que será solicitada todas às vezes que o Web Empregador for acessado.

O uso do Empregador é simples e rápido. O sistema ainda conta com um suporte sobre o cadastro ou sobre o preenchimento do requerimento do seguro desemprego por e-mail ou telefone.

Por meio do sistema você sabe quais são suas obrigações como empregador, o que é preciso para uma consulta de saldo seguro, como agilizar atendimento, o acesso do sistema ao empregador fácil e também tabela de seguro.

Como cadastrar no empregador web

É importante citar que esse é um procedimento que deve ser feito pelo responsável legal da empresa, para assegurar a confiabilidade das informações de acesso ao Empregador Web.

Abaixo você confere o passo a passo do cadastro gestor na plataforma:

  1. O empregador preenche o requerimento do web seguro desemprego pelo sistema, rapidamente, que envia os dados ao Ministério do Trabalho, desse modo já pode dar abertura no processo de seguro desemprego web e agendar a audiência;
  2. Depois do envio do formulário, o trabalhador pode fazer o agendamento, pelo site do Ministério do Trabalho. Lá ele deverá escolher o estado, a cidade e o motivo do agendamento, nesse caso, a solicitação de seguro desemprego. Para cadastrar acesse o link;
  3. Clique em “cadastrar gestor”;
    empregador web seguro desemprego
  4. Informe os dados;
    web seguro desemprego cadastro
  5. Conclua o seu cadastro com uma validação que pode ser feita pelo e-mail ou número de celular;
  6. Acesse novamente a página inicial do empregador web;
  7. Basta fazer login inserindo o número do CNPJ e senha da web devidamente cadastrada.

Se o trabalhador tiver dúvidas, pode consultar a rede de atendimento do Ministério do Trabalho por telefone.

Como obter um certificado digital

Além do cadastro, o acesso ao Empregador Web exige outro detalhe: ter um certificado digital, que deve ser ICP Brasil (Infraestrutura de Chaves Públicas). A seguir, explicamos como obter um:

  • Acesse a lista de AC (Autoridades Certificadoras) do ITI (Instituto Nacional de Tecnologia da Informação) e selecione a autoridade certificadora de seu interesse;
  • Solicite o certificado para a AC;
  • Agende uma data e horário de comparecimento em uma AR (Autoridade de Registro) para validação de informações e recolhimento de dados biométricos (digitais e foto).

Vale citar que cada AC tem autonomia para escolher o valor do certificado digital, bem como formas de pagamento. Por isso, é interessante verificar preços e condições em mais de uma, para garantir que fará o melhor negócio possível.

Certificado digital empregador web

Como fazer login no Web Empregador

Já possui cadastro e certificado digital? Então, agora dá para acessar e usar o Empregador Web, aproveitando todos os seus recursos. Veja, abaixo, um passo a passo para isso:

  • Acesse o site oficial do Empregador Web;
  • Em “opções de acesso”, clique em “com certificado digital”;
  • Informe usuário e senha de acesso, que são registrados no cadastro inicial;
  • Clique em “enviar”.
Login Empregador Web

Caso se esqueça de sua senha de acesso, é possível cadastrar outra. Neste caso, deve-se clicar em “solicitar nova senha” na página inicial do Empregador Web, no menu “acesso direto”.

Outro ponto interessante a ser ressaltado é que existe uma opção de acesso sem certificado digital no site. No entanto, ela possui funcionalidades limitadas, o que pode não ser uma boa alternativa para empresas que buscam uma ferramenta completa para lidar com obrigações trabalhistas.

Agendamento do seguro desemprego no empregador web

O seguro desemprego  pode ser solicitado pelo Empregador Web. Ao fazer o cadastro da empresa, poderá registrar os dados de todos os funcionários em lote. Assim, na hora que um deles for demitido poderá abrir o campo do funcionário no programa e abrir e clicar na opção de solicitação de seguro desemprego.

Por meio da plataforma o procedimento deve ser realizado da seguinte forma:

  1. O empregador entra na plataforma Empregador Web com sua senha;
    web seguro desemprego cadastro
  2. Acessa o menu ” Requerimento”, clica em ” Cadastrar” e preenche o ” formulário de dispensa”;
  3. É necessário informar todos os dados do trabalhador que será dispensado, enviar e pronto;
  4. O sistema ainda tem a opção de imprimir o requerimento;
  5. No final, deve aparecer a mensagem ” operação realizada com sucesso”

O Empregador Web facilita o pedido de entrada de seguro desemprego para ambos os lados: do empregador, pois é um processo mais ágil, do trabalhador, pois não precisa fazer tantas correrias e do governo, pois é possível checar se realmente a pessoa tem direito a receber o benefício. Não deu certo? Então tente na nova plataforma de requerimento seguro desemprego.

O governo já teve inúmeros problemas com o pagamento indevido de seguro desemprego a trabalhadores que não tinham direito porque o cruzamento de dados não era eficiente. O Empregador Web veio para acabar com esse desencontro de informações.

Validação de documentos para seguro desemprego

Quem quer cadastrar o seguro desemprego do funcionário precisará fazer a validação da documentação. Nesse caso basta seguir o seguinte passo a passo:

  1. Acesse o site oficial do web empregador;
  2. Vá em “Menu” e clique em “Requerimento”;
  3. Clique em “Cadastrar formulário de dispensa”
  4. Preencha as informações;
  5. Finalize clicando em “concluir”;
  6. Na tela aparecerá a mensagem “operação concluída com sucesso”.

Como solucionar os principais erros do Empregador Web

Na hora de fazer o cadastro da empresa no Empregador Web ou realizar outras operações no software o usuário poderá ser acometido por erros do sistema. Aqui tem um manual prático para resolver os mais recorrentes:

Vínculo não encontrado ou divergente

Isso significa porque as informações da CNIS (número que consta na carteira de trabalho) ou eSocial estão erradas e não batem com o que está cadastrado n sistema. Corrija os detalhes equivocados e faça o envio novamente.

Erro no CNPJ

Confira se não há erros de digitação ou de matriz e filial. Preste bastante atenção na hora do envio das informações. Após alterar, faça a reconfiguração no sistema.

Erro de conta bancária

Se o empregador não informou a conta do funcionário ou digitou qualquer uma das etapas errados a solução será feita pelo governo, enviando o dinheiro para uma conta no Banco do Brasil ou na Caixa.

Seguro desemprego desatualizado

Caso o sistema tenha dado esse erro é porque o colaborador estava recebendo o seguro desemprego e começou a trabalhar numa empresa durante este processo. Nesse caso o contratante pode ter informado ao eSocial uma data de admissão errada ou o CNIS do novo funcionário ainda não foi atualizado.

Dados divergentes na Receita Federal

Se os dados do colaborador estiverem divergentes no que consta na Receita Federal o sistema poderá alertar como erro. Mantenha todas as informações iguais, sem erros de digitação.

Status Suspenso

Todo colaborador que aparece com essa marca é porque está com pendências de envio de informações no e-Social. Nesse caso, atualize as informações ou aguarde o processamento das mesmas pelo DataPrev.

O Empregado Web é seguro?

Uma das principais dúvidas dos empregadores é se a plataforma é segura, para minimizar o risco de captação de dados por terceiros. A resposta é positiva: sim, o Empregador Web é seguro, tanto que para utilizar a ferramenta é preciso ter um certificado digital.

Além disso, o empregador web conta com um sistema de segurança próprio, o Secure Socket Layer (SSL), que serve como uma garantia de que todas as informações cadastradas não poderão ser acessadas por outros usuários. O programa oferece total sigilo aos usuários e confiabilidade aos dados armazenados no site.

Sendo assim, a única instituição que conseguirá visualizar os dados informados na plataforma é você mesmo e o Ministério do Trabalho.

O certificado assegura a proteção das informações da empresa e ex-funcionários, minimizando o risco de fraude. Por isso, ao utilizar a ferramenta tenha um certificado digital ativo.

Quais as vantagens do Empegador Web?

O Empregador Web oferece vantagens especiais para a empresa e também ao funcionário desligado. Abaixo, listamos as mais expressivas:

  • Envio de informações por meio de arquivos migrados da folha de pagamento;
  • Otimização no preenchimento de formulários, sem realizar esse procedimento de modo manual;
  • Maior segurança durante o envio de informações, já que o uso da plataforma exige a existência de um certificado digital;
  • Eliminação do uso e acúmulo de papel, pois todo o processo é informatizado;
  • Agilidade na prestação de informações, o que possibilita que o ex-funcionário consiga solicitar o Seguro Desemprego num prazo menor.

O uso da ferramenta em é simplificado, só é preciso se atentar às informações fornecidas, para evitar erros de cadastro.

Ainda restam dúvidas sobre a plataforma? Ligue para o 158, das 7:00h às 19:00h, de segunda à sexta-feira e deixe o seu comentário no campo abaixo!

Gilmar Penter
Fotógrafo, ator e comunicador é apaixonado pelas artes e pela aventura que é a vida. Nas palavras, vê uma chance de mudar o mundo, mesmo que para isso tenha que vir até ele, afinal, passa muito mais tempo no mundo da lua.

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.