Ecac: Como Funciona? Quem Pode Usar? Aprenda Aqui!

Existem vários programas do governo desenvolvidos para melhorar o manuseio da população para acessos rápidos e demais questões. Um desses sistemas é o e-CAC, conhecido como o Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte.

Veja aqui informações completas sobre como funciona, quem pode utilizar, como fazer seu cadastro online e tudo que precisa saber. Fique por dentro e não perda nenhuma questão.

O que é o e-CAC?

Conhecido como o portal de serviços do contribuinte, por ele é possível estabelecer a comunicação via internet entre pessoa e Receita Federal do Brasil (RFB). É necessário que se tenha o Certificado Digital, e-CPF ou e-CNPJ, nos dois casos, o cliente Serasa poderá optar pelos modelos A1 (um tipo de software que será instalado no computador que vale pelo tempo de 1 ano), ou A3, que é um cartão ou via token, que possui a validade de 1 até 3 anos.

Já o e-CPF é aquele que é indicado para que pessoas físicas ou representantes legais da empresa tenham acesso aos serviços online para pessoa jurídica. Lá também há a opção de alterar o acesso dos perfis, servindo para que a pessoa jurídica possa ter acesso a esses dados, ou, do contrário.

Já o mais conhecido de todos como Certificado Digital ou e-CNPJ, é aquele propício para pessoas jurídicas, podendo ser utilizado também para recebimento de procuração com o intuito de fazer serviços de outra pessoa Jurídica, como por exemplo, os casos comuns de contadores.

É necessário que o usuário saiba que qualquer um desses certificados possui um custo de compra, que são:

  • e-CNPJ: R$229,00;
  • e-CPF: R$155,00.

Veja também abaixo quais são os benefícios exclusivos que cada um desses certificados possibilita para o usuário:

e-CPF

  • Cadastro de pessoa física – consulta e emissão;
  • Imposto de renda de pessoa física – consulta e emissão;
  • Serviços do DIRPF;
  • DTE – Domicílio Tributário Eletrônico;
  • Antecipação da DIRPF – Análise;
  • SPED Contábil e Fiscal – EFD e ECD.

e-CNPJ

  • Comprovante de CNPJ – emissão e consulta;
  • Acompanhamento Econômico-Tributário – os responsáveis podem fazer o cadastro e acompanhamento;
  • Declaração de débitos e créditos – consulta e emissão;
  • Simples Nacional – verificação da situação;
  • DIPJ e DMED;
  • Consulta de MEI;
  • Declaração do Simples Nacional;
  • Intimações, Malha Fiscal e Cobrança;
  • Extrato do DCTF;
  • Consulta de rendimentos;
  • Segurança – disponibilizada pelo Serasa.

Como funciona a consulta de crédito?

Como funciona a consulta de crédito?

No Brasil, a inadimplência é muito grande, principalmente pela falta de sustentabilidade da sociedade, ainda mais para aquelas que fazem a venda somente para demais empresas, elevando o risco da possibilidade de não recebimento das parcelas ou do valor negociado.

Uma das medidas mais adotadas por quem possui negócios é a consulta de crédito, conhecida também como o clássico Serasa. Por meio das informações do número do CNPJ ou também do CPF, é possível verificar se a empresa ou pessoa em questão possui pendências em seu nome.

Lá você visualiza qual a quantidade de valor ou valores pendentes, para quais empresas esses valores constam como abertos, quem e quando foram as últimas empresas que fizeram essa consulta de crédito e demais informações importantes para quem quer se prevenir, principalmente para clientes novos.

Por meio da ferramenta do Serasa Experience, o cliente poderá tirar o relatório completo, relatórios intermediários, relatório básico ou demais informações que desejar.

O consultor também poderá verificar os dados cadastrais, status do CNPJ/CPF, análise de cheques, quantidade de dívidas, protestos estaduais, score do crédito, informações de sociedade, falências e/ou recuperações e demais informações.

É de suma importância que caso você ou a empresa que trabalha mexa com altos valores de compra e venda, tenha acesso a esses dados, dessa forma, há grandes chances de evitar roubadas quando os assuntos são outras empresas e condições inadimplentes.

Por meio do e-CPF ou e-CNPJ, você terá acesso a estas consulta, portanto, não perca tempo e faça logo o seu. Afinal, é sempre melhor prevenir do que remediar futuramente problemas que seriam facilmente evitados com uma simples consulta.

Avatar
Jornalista formada pela PUCPR viciada em música de todos os tipos, livros e séries. Mestre em curiosidades inúteis, está sempre procurando fugir da rotina.

2 comentários

  • Sou um ótimo funcionário Minha experiência profissional já trabalhei como vendedor de loja e vendedor externo e fiscal de loja e me dedicar cada dia mais na empresa

  • Eu sou um ótimo funcionário já trabalhei como atendente de loja em vendedor externo de loja Ter bom desempenho em minha função concedida e um ótimo relacionamento com os funcionários e a geração. Na área que me for designada, com total ética e responsabilidade.

Deixe seu comentário