Dívida no IPTU 2021: como renegociar, parcelar e quitar?

Ficar em dia com as contas e impostos cobrados pode ser uma missão difícil para algumas pessoas, principalmente aquelas que são um pouco desajeitadas quando o assunto é programação ou lembrar do pagamento dos mesmos.

Porém, essa não é uma desculpa aceita pelo governo, principalmente em caso de esquecimento do pagamento dos mesmos, acarretando em demais taxas, juros e até mesmo dívidas.

Está com uma pendência executada pelo IPTU e não sabe o que fazer? Veja aqui informações completas de como proceder, como funciona essa negociação e demais possibilidades para facilitar sua vida. Acompanhe esse artigo e fique por dentro.

Dívida no IPTU 2021: O que fazer?

Dívida no IPTU 2021: O que fazer?

O IPTU é conhecido por chegar todo início do ano em formato de carnê em muitas famílias brasileiras, mas em alguns estados, é preciso que o dono do imóvel faça a impressão do mesmo por meio do site da prefeitura de onde mora, caso contrário, poderá ter várias consequências financeiras.

Nesse caso, se não for pago, será gerado a famosa inadimplência, que tratá demais problemas para o proprietário, gerando a dívida ativa. O nome do devedor estará inscrito nos serviços de proteção ao crédito, o já conhecido de muitos como o SPC e também o Serasa. Sendo assim, não é possível conseguir crédito em demais instituições financeiras, perdendo pontos no “Score”, reduzindo até mesmo as chances de conseguir um parcelamento em determinadas empresas.

Ademais, também não poderá vender o imóvel enquanto estiver com a certidão negativa de débito, ou até mesmo passar o bem para herdeiros, quando inadimplente. Há casos também em que o imóvel poderá ir à leilão, visto que com a dívida ativa, o município realizará a cobrança de forma judicial.

O proprietário será chamado pela justiça local para fazer o pagamento e caso não seja possível, terá que nomear outros bens para penhora dentro de determinado prazo. Se isso não acontecer, seus bens serão leiloados de forma contínua, principalmente aquele imóvel que condiz com o atraso do imposto, ou seja o maior gerador do problema.

Dessa forma, o leilão só acontece depois que o proprietário é notificado, sendo que esse procedimento pode durar até anos, mas mesmo assim, com a perda do bem com grandes chances de acontecer. Dessa forma, manter o pagamento do IPTU em dia não é somente a melhor das opções, mas a que não te trará nenhum tipo de dor de cabeça posterior.

Renegociação do IPTU: é possível?

Se o dono não fizer a legalização da dívida dentro do prazo pré determinado pela justiça, há chance de renegociar por meio de contato com a Prefeitura Municipal correspondente do imóvel.

Isso acontece como uma forma de estímulo para o pagamento dos débitos, sendo que alguns órgãos realizam os já conhecidos feirões, para diminuir a quantidade de juros, chegando a um novo valor com correção monetária, o que é a solução tão esperada para muitas famílias que se encontram em situação de dívidas.

Dessa forma, entre em contato com a prefeitura local de onde você mora ou correspondente ao imóvel em questão e verifique quais são as opções mais viáveis em cada caso. Do contrário, poderá ter maiores problemas.

Como tirar minha segunda via do IPTU?

Dívida no IPTU 2021: O que fazer?

Se você já quer se prevenir dessa grande quantidade de problemas citados acima pela falta de pagamento do imposto, uma solução é já saber qual o valor e quando é o vencimento do mesmo, de modo a se preparar e assim não correr o risco de demais questões pendentes.

Primeiro, é preciso acessar o site da prefeitura do imóvel. Lá, procure pela opção “IPTU”, que provavelmente estará em destaque na página principal.

Agora, é provável que você precise do número de inscrição do imóvel, além de preencher alguns dados pessoais e que comprovem a sua identidade.

Dessa forma, na próxima página que se abrir, você terá acesso a todos os IPTUs correspondentes, seja aqueles que estão em atraso ou aqueles que ainda vão vencer, podendo gerar o boleto e já fazer o pagamento ou saber quanto é o custo.

Ficou alguma dúvida? Então confira o passo a passo para retirada da 2ª via do IPTU no seu Estado. 

Não deixe de cumprir com a sua obrigação de cidadão e proprietário de bens, visto que como já dito, o contrário do pagamento é bem mais trabalhoso e pode gerar muita dor de cabeça, principalmente pelo acúmulo de dívidas e até mesmo pela falta de cuidado com a data do imposto.

Avatar
Jornalista formada pela PUCPR viciada em música de todos os tipos, livros e séries. Mestre em curiosidades inúteis, está sempre procurando fugir da rotina.

Deixe seu comentário