Como fazer declaração DASN do simples nacional MEI 2021? Passo a Passo

Os brasileiros que são adeptos do MEI sabem que precisam fazer o pagamento da DAS mensalmente, que é a taxa conhecida para que possam estar de forma regularizada no regime de microempreendedor.

Assim como acontece com o Imposto de Renda, os adeptos do MEI precisam fazer a declaração da DASN, mas do que se trata? Uma dúvida muito comum para quem acabou de começar a utilizar o serviço é sobre o que é isso, como funciona e como fazer essa tão temida declaração.

Veja aqui como funciona esse processo, como deve ser feito, dicas exclusivas e tudo que precisa saber. Fique por dentro.

Como fazer declaração DASN do Simples? Veja aqui e saiba mais!

Como fazer declaração DASN do Simples? Veja aqui e saiba mais!

Conhecido como Declaração Anual do SImples Nacional a DASN é obrigatório e deve ser emitida anualmente por todos os empreendedores que sejam adeptos do Simples Nacional. Mas, há quem ache esse procedimento confuso e muitas vezes difícil para fazer de primeira vez.

Essa emissão do documento vai para a Receita Federal por meio do Portal do Empreendedor, da qual terá todas as informações sobre a Receita Bruta Anual obtida pela empresa no ano referente, dessa forma, é preciso ter todos os envios de NF registrados mensalmente, para informar de forma correta na DASN.

Para facilitar a vida do MEI, essa declaração pode ser emitida pelo próprio microempreendedor, livrando-se assim da necessidade de contratar um contador e enviar toda a documentação já dita. É preciso enviar dessa forma os documentos dentro do prazo necessário, do contrário, podem acontecer algumas sanções e demais irregularidades na Receita Federal.

Como posso fazer a declaração DASN 2021?

Para fazer o preenchimento da DASN, o processo é simples, sendo realizado inteiramente na internet por meio do Portal do Empreendedor em quatro passos básicos:

  1. Acesse o portal do Empreendedor e então clique em “Serviços”, que está presente dentro do campo “Já sou empreendedor”;
  2. Agora, será necessário clicar na opção “Faça sua declaração anual de faturamento” e depois clique em “Enviar declaração”, conforme imagem abaixo;
    Portal do empreendedor
  3. Depois disso, é preciso colocar seu CNPJ no campo requisitado, além dos caracteres do código de verificação.

Agora, você terá que escolher entre o tipo e período da declaração. Você terá a opção original ou retificadora. A original é para quem quer fazer a declaração para o ano vigente, já a retificadora, é para arrumar erros ou fazer ajustes em uma declaração que já foi enviada.

Depois disso, é preciso clicar no ano-calendário que se refere ao período da receita em que será declarada. Lembre-se que a declaração de 2021 é referente ao ano anterior, no caso 2020.

Por fim, lembre-se de informar os dados financeiros, os valores da receita bruta da empresa no ano de 2020. Agora, digite o total das receitas do seu negócio no período indicado. Você deverá usar os valores que estejam de acordo com as notas fiscais emitidas.

Caso tenha algum funcionário contratado, lembre-se de incluir essa informação na descrição. Revise as informações, verifique se todos os impostos foram pagos e então clique em “Transmitir”.

Pronto, agora sua DASN foi emitida, é importante se lembrar de imprimir o recibo da entrega da declaração, salvando em seus arquivos caso seja necessário no futuro.

Quais são os prazos de envio?

O prazo de envio da sua DASN tem o início geralmente no começo de janeiro, terminando no final de maio, mas, é sempre recomendado que você comece todo o procedimento previamente, não se perdendo por entre os dias necessários ou até mesmo atrasando a entrega da documentação.

O atraso do envio dessa documentação gera uma multa com o valor mínimo de R$50, ou de 2% correspondente aos valores dos tributos que devem ser pagos de forma mensal pelo empreendedor.

Você também terá que acessar a página que emite a DARF – Documento de Arrecadação de Receita Federal, clicando na opção de emissão de guia para a pessoa jurídica e então informar os seguintes dados:

  • CNPJ;
  • Período de apuração;
  • Código de receita;
  • Quantia total;
  • Data de pagamento.

Agora que você já sabe como funciona o procedimento de emissão, de envio e quais são os dados requisitados pela sua DASN, lembre-se de ficar de olho nas datas que serão lançadas para o ano de 2021, equivalente ao ano de 2020 no caso.

Assim, fica muito mais fácil se programar para estar em dia com a documentação, do contrário, será necessário lidar com dívidas e até mesmo dores de cabeça que seriam resolvidas de forma muito mais fácil do que se imagina.

 

Avatar
Jornalista formada pela PUCPR viciada em música de todos os tipos, livros e séries. Mestre em curiosidades inúteis, está sempre procurando fugir da rotina.

Deixe seu comentário