Consulta PIS 2022 pelo CPF – Veja como fazer

O Programa de Integração Social (PIS) paga um abono salarial para trabalhadores de empresas do setor privado. Mas, não são todos que recebem o benefício, somente os que cumprem requisitos específicos.

Aqui, você confere como funciona o programa e o abono salarial, inclusive como consultar PIS 2022 pelo CPF para saber se tem direito a benefícios. Acompanhe!

pis 2022

O que é o PIS?

Trata-se do Programa de Integração Social! Nele, empresas do segmento privado depositam mensalmente um valor num fundo ligado a seus funcionários.

Esse valor vai ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), que paga benefícios como o seguro-desemprego e o abono salarial. Todo trabalhador tem cadastro PIS, mas nem todos recebem a lista completa de benefícios garantidos pelo programa.

Quem tem direito ao abono salarial PIS?

Somente trabalhadores que cumprem requisitos do programa têm direito ao abono salarial PIS. A seguir, indicamos quais são eles:

  • Ter trabalhado pelo período mínimo de trinta dias no ano anterior;
  • Ter recebido, em média, dois salários mínimos por mês;
  • Estar inscrito no PIS há, pelo menos, cinco anos;
  • A empresa precisa ter informado os dados de tempo de trabalho e salário ao governo corretamente.

Herdeiros têm direito a sacar o abono salarial PIS! Neste caso, é só apresentar uma documentação que comprove que é herdeiro direto do trabalhador que tinha direito ao benefício.

Como consultar PIS 2022 pelo CPF?

A consulta PIS 2022 pelo CPF permite verificar se tem direito a algum benefício, como o abono salarial. Mas, como realizar essa consulta? Simples! Pela internet no site da Caixa Econômica Federal. A seguir, apresentamos um passo a passo para lhe guiar no uso desse serviço:

  1. Acesse o Portal da Caixa Econômica Federal;
  2. Informe seu CPF e senha de acesso, caso já tenha cadastro. Se não tiver, informe o CPF e clique em “cadastrar / esqueci senha” e siga as orientações do site para fazer o seu;
  3. Marque a caixa de recaptcha, para autenticar seu acesso;
  4. Clique em “acessar”;
  5. Selecione “PIS”, item disponível no menu principal de serviços;
  6. Clique em “consulta a pagamento”.

Pronto! A página será atualizada e trará informações como dados pessoais, número de PIS e se tem direito ao abono salarial. Em caso positivo, haverá menção ao valor e data de pagamento.

Um detalhe importante: se não conseguir realizar a consulta por CPF, também dá para tentar usar o serviço informando dados como NIS e e-mail.

Como sacar o PIS 2022?

Você tem direito ao PIS? Então, é só sacá-lo na data de liberação do benefício prevista pela Caixa Econômica Federal. Existem três principais alternativas de saque, de acordo com o perfil do beneficiário:

  • Depósito em conta: caso você tenha conta corrente na Caixa Econômica Federal, o banco faz o crédito do valor do benefício diretamente nessa conta. Para sacar, basta se dirigir a um caixa eletrônico com seu cartão de débito;
  • Cartão Cidadão: quem possui esse cartão consegue sacar o abono salarial PIS em caixas eletrônicos de agências da Caixa Econômica Federal, bem como em correspondentes Caixa Aqui e lotéricas. Basta apresentar o Cartão Cidadão e sua senha;
  • Saque presencial em agência da Caixa Econômica Federal: quem não é correntista do banco e não tem o Cartão Cidadão pode sacar o abono salarial PIS em uma agência da Caixa. Para isso, apresente um documento de identificação (RG ou CNH) e CPF para realizar o saque.

Qual o valor do abono salarial PIS?

Uma das principais dúvidas de trabalhadores é quanto é o abono salarial PIS. Mas, é simples saber isso: basta realizar a consulta PIS 2022 pelo CPF no site da Caixa, onde dá para verificar o total exato que o trabalhador receberá se tiver direito ao benefício.

Mas, é interessante saber que o valor do abono salarial é proporcional ao tempo de trabalho no ano base. Quem trabalhou 12 meses recebe o valor máximo, que é de um salário mínimo vigente. Já quem trabalhou menos do que esse período ganha menos de um salário mínimo.

Para chegar no valor proporcional exato é simples: é só dividir o salário mínimo vigente por 12 e multiplicar o resultado pela quantidade de meses trabalhados. Por exemplo, suponha que tenha trabalhado durante 5 meses. Neste caso, o abono salarial seria de R$ 459,00, considerando o salário mínimo de 2021.

Flavio Carvalho
Gestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.

Deixe seu comentário