Como solicitar aposentadoria pelo aplicativo Meu INSS – Passo a Passo

Um dos momentos mais aguardados por parte dos brasileiros é o momento da aposentadoria, visto que será um tempo para conseguir aproveitar melhor a vida, sem ter que se preocupar com as demais preocupações de trabalho ou da vida cotidiana em um ambiente profissional.

Muitas pessoas querem começar o pedido de aposentadoria, porém, não sabem como. Veja aqui como conseguir solicitar sua aposentadoria pelo aplicativo do INSS e demais meios existentes.

Veja abaixo e fique por dentro.

Como solicitar aposentadoria pelo aplicativo Meu INSS – Passo a Passo

Como solicitar aposentadoria pelo aplicativo Meu INSS - Passo a Passo

Veja abaixo como funciona o procedimento para conseguir dar o primeiro passo para sua aposentadoria abaixo, tudo por meio de um tutorial simples e rápido.

  • Acesse o aplicativo do Meu INSS, caso não tenha instalado em seu celular, faça o download do mesmo;
  • Informe seu CPF, nome completo, data de nascimento e assim, responda algumas perguntas pertinentes sobre seu cadastro em específico – é indicado que use os dados contidos em sua carteira de trabalho ou a guia de recolhimento, visto que as perguntas são referentes as suas contribuições previdenciárias;
  • Agora, será necessário clicar no botão de “Pedir aposentadoria”, depois disso, você verá uma série de opções como “aposentadoria por tempo de contribuição”, “aposentadoria por idade rural” e também “aposentadoria da pessoa com deficiência por idade”, em alguns casos;
    Como solicitar aposentadoria pelo aplicativo Meu INSS - Passo a Passo
  • Antes de ir para o próximo passo, é preciso atualizar algumas das informações solicitadas, como o seu tempo especial, tempo rural, tempo trabalhado em outro país e demais informações. Será necessário informar também caso você tenha trabalhado como professor, funcionário público, militar ou civil;
  • Agora, confirme a autorização da data de entrada do requerimento para o dia que adquiriu as condições necessárias para a então concessão do benefício.

Essa alteração será executada por meio do INSS, e quando for autorizada, será identificado que o segurado não possuía direito quando pediu o benefício, sendo possível somente depois. É recomendado clicar no botão de “sim”, evitando assim que você tenha que fazer um novo requerimento.

Agora é o momento de fazer o anexo de todos os documentos requisitados, lembre-se que quanto mais informações, menos chances de que você tenha seu benefício negado. Depois disso, será necessário colocar o CEP de sua residência, escolha uma agência, selecionando como preferência aquela que esteja mais perto de sua casa.

Nesse momento, é preciso saber que você está concordando com todas as informações que está colocando em anexo durante o seu pedido. Do contrário, você terá uma possível pena entre 1 até 5 anos de prisão.

Agora, um comprovante será emitido automaticamente, essa solicitação será enviada para uma análise e em caso de necessidade, deverá apresentar novos documentos, sendo assim, o segurado informado por meio do e-mail ou pelo próprio aplicativo.

Você pode executar todo esse procedimento por meio do site oficial do INSS também, visto que por lá, fica muito mais fácil do que pelo smartphone, fazendo o anexo de seu celular de uma forma muito rápida e simples.

O pedido também pode ser executado por meio do telefone 135, que está disponível entre segunda até sábado, das 7h até as 22h, conforme o horário de Brasília.

Atualizações sobre a aposentadoria

Por meio do site da Previdência, o interessado tem a possibilidade de fazer a simulação de quando poderá se aposentar, seja pelo tempo de contribuição ou pela idade.

O tempo de contribuição de mulheres precisa ser de 30 anos, enquanto para homens, o tempo é de 35 anos.

No caso de tempo de contribuição, é feita a simulação de homens com 53 anos de idade e 30 anos de contribuição, enquanto as mulheres precisam ter a idade mínima de 48 anos e 25 anos de contribuição.

O sistema fará o cálculo verificando as contribuições feitas a partir do ano de 1994, até o momento.

Nos casos de aposentadoria por invalidez, ela é concedida pelo INSS quando não existe mais a capacidade de trabalhar, o que é atestado por meio de um médico da Previdência Social.

A consulta para pessoas que já entraram com a solicitação pode ser feita por meio do site (clique aqui para acessá-lo), agendando assim o dia para verificar sua condição.

É necessário passar pela perícia médica sempre a cada dois anos, de forma a verificar se as condições continuam as mesmas, do contrário, há grandes chances de se perder o benefício.

Agora que você já sabe como funciona o procedimento de aposentadoria pelo app, fique por dentro de demais notícias em nosso site.

Avatar
Jornalista formada pela PUCPR viciada em música de todos os tipos, livros e séries. Mestre em curiosidades inúteis, está sempre procurando fugir da rotina.

Deixe seu comentário