DIRF: Como preencher corretamente a declaração DIRF 2021. Entenda!

Para realizar a Declaração do Imposto sobre a Renda Retida na Fonte é necessário preencher a DIRF 2021 corretamente. Se você ainda tem dúvidas, não se preocupe, pois preparamos um tutorial para te auxiliar no procedimento.

Mas é preciso ficar atento, pois o prazo para preencher a DIRF 2021 corretamente é até o dia 26 de fevereiro, até as 23h59. Lembrando que a DIRF 2021 é feita pela fonte pagadora, com o objetivo de informar à Receita Federal:

  • Rendimentos pagos a pessoas físicas domiciliadas no País;
  • Valor do imposto sobre a renda e contribuições retidos na fonte, dos rendimentos pagos ou creditados para seus beneficiários;
  • Pagamento, crédito, entrega, emprego ou remessa a residentes ou domiciliados no exterior;
  • Pagamentos a plano de assistência à saúde – coletivo empresarial.

A DIRF 2021 serve para funcionários domésticos que tiveram os rendimentos retidos. Os dados são utilizados para cruzar informações com outras fontes, para que possa ser feita a declaração da DIRF 2021.

A declaração é obrigatória para todas as pessoas que possuam empregados domésticos e que tenham imposto de renda retido na fonte do seu trabalhador em pelo menos um pagamento de 2020, nos casos em que o funcionário doméstico tenha recebido mais de R$ 28.559,70 no ano.

dirf 2021

Como preencher a DIRF 2021

Os impostos recolhidos na fonte são: salários, férias, 13º salário ou rescisão. O Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF) ocorre quando os vencimentos do empregado são maiores que R$ 1.903,98.

O empregador pode pagar multa de 2% ao mês ou fração incidente sobre o montante dos tributos e das contribuições não informadas, com um teto de 20%, em caso de não entrega da declaração ou entrega atrasada.

A emissão da declaração da DIRF e o preenchimento do documento pode ser feito pelo empregador, no site da Receita Federal. As informações básicas são: nome e CPF dos funcionários e beneficiários, valores recebidos por cada um deles, mês de pagamento e código de operação de cada uma das quitações.

Além disso, a empresa ou empregador deve informar a retenção de imposto ou contribuições, mesmo se ocorrer em apenas um mês. Também deve conter informações sobre trabalhadores assalariados, pensionistas, aposentados ou pessoas que receberam dividendos e lucros, em valor superior a R$ 28.559,70, além de funcionários sem vínculo empregatício, que receberam acima de R$ 6 mil. 

Na declaração da DIRF 2021 também devem ser informados os pagamentos feitos com relação a previdência complementar, seguro de vida, plano de saúde empresarial, pensões e aposentadorias.

Programa gerador de DIRF

Para preencher a declaração da DIRF é necessário baixar o programa gerador no site da Receita Federal. Fazer o download é muito simples, baixar acessar a plataforma da RF e clicar em “Programa Gerador da Declaração – PGD DIRF 2021”.

Após clicar na seção indicada, é necessário escolher o programa gerador da declaração de acordo com seu sistema operacional. Há opções para Windows e Linux, tanto para 32 quanto para 64 bits.

Depois de baixar o programa, é só preencher a DIRF 2021, tomando todos os cuidados para que a declaração seja feita da forma mais correta possível, conforme as dicas acima.

Jornalista formada pela Universidade Luterana do Brasil de Canoas/RS.

Deixe seu comentário