Como financiar um carro: novo ou usado?

Como financiar um carro? Talvez essa seja a sua dúvida quando pensa em ter um carro próprio. Afinal, investir em um automóvel, significa empreender fundos por um longo tempo — dependendo de como o financiou.

Em vista disso, a incerteza parece aumentar a respeito dos tipos de financiamento: carro novo ou usado?

Pensando nisso, para te ajudar quanto a essas indecisões, produzimos um artigo para que você saiba como financiar um carro. Vem com a gente!

Saiba a diferença entre carro novo, seminovo e usado

Como financiar um carroa

Antes mesmo de nos aprofundarmos sobre como financiar um carro, é preciso que entenda e consiga definir um carro novo, seminovo e usado.

Financiamento de carro novo

Ele também é conhecido por “carro zero quilômetro”. Essa denominação se refere ao carro novo que saiu da fábrica recentemente. Assim, como esse automóvel nunca foi dirigido, o mesmo mantém intactas as características originais.

Financiamento de carro seminovo

Infelizmente ronda um boato de que os carros usados e seminovos possuem as mesmas características, ou seja, são a mesma coisa. Contudo, engana-se quem pensa isso.

Assim, de forma resumida, os automóveis seminovos são veículos de segunda mão. Isso quer dizer que já possuiu um dono.

Financiamento de carro usado

Quando se fala em carro usado, se refere aos automóveis com mais de 3 anos de uso e, nesse período de tempo, podem ter tido donos.

Sob esse quesito, os carros clássicos não são incluídos. Estamos falando de automóveis com mais de 30 anos de estrada.

Esses carros, a depender do modelo, podem valer mais do que um automóvel zero quilômetro. A exemplo, são:

  • Opala;
  • Fusca;
  • Mavericks.

Esses foram apenas alguns exemplos, no entanto, existem mais carros que são admirados por colecionadores de todo o mundo.

Devo financiar um carro novo ou usado?

Para esse questionamento não há uma resposta totalmente assertiva. Isso porque, no momento em que você estiver com o objetivo de abrir um financiamento, é necessário que faça uma análise de sua situação financeira.

Com base nisso, você deve pensar no quanto está disposto a gastar. Caso possua família, lembre-se das necessidades que ela apresenta e, analise se precisa de um automóvel que esbanje conforto.

Outro ponto a ser analisado tem a ver com a completude do carro. Se você gosta de carros que venham completos, saiba que vai gastar mais para adquirir um.

Além disso, defina quais são os objetivos pretendem atingir com a compra de seu carro: se ele servirá para as atividades diárias, ou se o quer para viajar, por exemplo.

Fora isso, é importantíssimo estar ciente dos gastos que vai ter com a manutenção do carro.

Logo, é notório que, sem sombra de dúvidas, ser dono de um carro é o sonho de muitos, mas é preciso que pesquise bem antes de colocar em ação o plano de financiar um carro.

Deste modo, saiba que todos os tipos de carros (novo, seminovo e usado) possuem suas vantagens e desvantagens. Agora, cabe a você promover a análise e decidir qual lhe cabe fazer o investimento.

Veja também: como funciona um consórcio de um carro

 

Paulo Victor Silva
Estudante do curso de Jornalismo pela UFES. Dono de uma mente inquieta e curiosa. Além disso, é amante da leitura e apaixonado pela música.

Deixe seu comentário