Chave PIX: como cadastrar uma para fazer transferência bancária?

O Pix, novo sistema de pagamentos do Banco Central, entrou em funcionamento para usuários em geral nesta terça-feira (17). Além de realizar transações bancárias com muita facilidade e sem taxas, o sistema pode ser usado para pagar diversas outras contas. 

Entre os benefícios do Pix, estão as transferências de dinheiro mais rápidas que o TED e o DOC, com zero taxa de custo. Mas além disso, também é possível realizar pagamentos de boletos de qualquer espécie, como contas de água, luz, telefone, internet e até mesmo fazer cobranças.

Utilizar o Pix é muito fácil, basta cadastrar sua chave por meio de aplicativo dos bancos de sua preferência. Mas se você ainda está em dúvida, confira abaixo como cadastrar sua chave PIX para fazer uma transferência bancária.

Cadastro da chave PIX

O registro do PIX pode ser feito tanto no site quanto no aplicativo do banco onde você possui conta. Você pode usar seu CPF, CNPJ, e-mail e número de telefone celular. Para isso, é preciso confirmar que você tem uma chave e vincular à conta do PIX. 

A comprovação do vínculo de posse da chave é feita pelo seu e-mail. Você vai receber uma mensagem do banco com o link para comprovação; basta clicar nele que você comprova ter a chave do PIX.

Mas se no cadastro a chave for seu número de telefone, você vai receber um código por SMS. Ele deve ser inserido no aplicativo do seu banco para que a identificação seja confirmada.

Mas é preciso ficar atento, pois o Banco Central não realiza essas confirmações por ligações telefônicas, nem por links enviados por SMS ou por e-mail sem que você tenha solicitado. 

Lembre-se de nunca passar seus dados pessoais para terceiros a fim de cadastrar sua chave no PIX, muito menos clique em links que prometem isso. Evite também de fornecer seus dados através de ligações.

O Banco Central e as instituições financeiras que estão no PIX nunca vão utilizar esses meios para fazer seu cadastro ou identificação. Fique sempre atento para não cair em golpes ou passar por fraudes.

Custos e limites do PIX

Ao se tratar de limites, no Pix, eles vão ser iguais aos estabelecidos pela instituição financeira para demais operações. Se um banco tiver limite de até R$ 10 mil para TED por cliente, ele vai continuar tendo o mesmo limite no Pix. Para compras com cartão de débito, a regra também permanece a mesma. Não vai haver custos para quem realizar transferências ou pagamentos pelo Pix.

Avatar
Jornalista formada pela Universidade Luterana do Brasil de Canoas/RS.

Deixe seu comentário