Casa Verde e Amarela – juros cobrados e formas de pagamento

O Casa Verde e Amarela é um programa habitacional do governo federal destinado a oferecer subsídios para compra de imóveis e formas mais flexíveis de pagamento de financiamentos.

Uma das dúvidas mais frequentes envolvendo o programa é quais são os juros cobrados e formas de pagamento do imóvel. A seguir, respondemos essas questões e apresentamos mais detalhes sobre o Casa Verde e Amarela. Confira!

Casa Verde e Amarela

O que é o Casa Verde e Amarela?

Trata-se de um programa habitacional que tem como finalidade ampliar o acesso à casa própria, oferecendo subsídios governamentais, juros reduzidos e formas de pagamento flexíveis.

Outra característica marcante do Casa Verde e Amarela é que promove a regularização fundiária, só que pela iniciativa privada, o que não acontecia anteriormente, já que essa é uma responsabilidade do governo federal.

Atualmente, a MP (Medida Provisória) que legaliza o Casa Verde e Amarela ainda está em tramitação e aguarda análise e aprovação por deputados federais e senadores.

Estima-se que o programa habitacional seja implementado em 2021, substituindo o atual Minha Casa Minha Vida, que foi criado durante o governo petista.

Quem tem direito ao Casa Verde e Amarela?

Para participar do programa Casa Verde e Amarela é preciso cumprir requisitos estabelecidos pelo governo. A seguir, apresentamos os principais divulgados até o momento:

  • Estar em uma família de baixa renda, com ganhos mensais que variam de R$ 2 mil a R$ 7 mil;
  • Não ser beneficiário de demais programas habitacionais da união, município ou estado;
  • Ter mais de 18 anos;
  • Não ter imóvel, requisito que é válido apenas para alguns grupos de renda estabelecidos pelo programa.

Estes são requisitos divulgados, mas pode ser que essa lista seja alterada quando o Casa Verde e Amarela for aprovado. Quando isso ocorrer, confira se tem direito no site oficial do programa ou na Caixa Econômica Federal.

Grupos de renda Casa Verde e Amarela

Um dos requisitos é que o interessado esteja dentro de um dos grupos / faixas de renda do Casa Verde e Amarela. Mas, quais são esses grupos? Abaixo, indicamos todos eles:

  • Grupo 1: renda de até R$ 2 mil por mês;
  • Grupo 2: renda de R$ 2 mil a R$ 4 mil;
  • Grupo 3: renda de R$ 4 mil a R$ 7 mil.

Tais grupos são destinados à compra de imóveis urbanos, somente. Caso tenha interesse em um numa área rural, a renda familiar deve ser de até R$ 84 mil por ano.

Juros Casa Verde e Amarela

Os juros cobrados são as principais novidades do Casa Verde e Amarela, porque são menores em determinadas regiões do país. Veja, abaixo, como ficaram as taxas:

Norte e Nordeste

Região que teve redução da taxa de juros para aquisição de imóveis. Quem mora no Norte e Nordeste pagará os seguintes juros:

  • Grupo 1: 4,25% a 5%;
  • Grupo 2: 4,75% a 7%;
  • Grupo 3: 7,66% (para cotistas do FGTS) e 8,16% (não contistas do FGTS).

Sul, Sudeste e Centro-Oeste

Quem reside nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste e quer comprar um imóvel pelo programa pagará mais juros, como indicado a seguir:

  • Grupo 1: 4,5% a 5,25%;
  • Grupo 2: 5% a 7%;
  • Grupo 3: 7,66% (cotistas do FGTS) e 8,16% (para não cotistas).

Formas de pagamento Casa Verde e Amarela

Ainda não foram divulgadas informações oficiais sobre as formas de pagamento do Casa Verde e Amarela, mas a estimativa é que sejam as mesmas do Minha Casa Minha Vida.

Se isso se cumprir, haverá subsídios somente na faixa de renda inicial do programa, ou seja, quem estiver nela conseguirá comprar o imóvel com parte de seu valor paga pelo governo.

As parcelas do financiamento poderão ser crescentes ou decrescentes, de acordo com a renda familiar, mas não devem comprometer mais do que 20% dos ganhos mensais totais.

O pagamento mensal do financiamento será efetuado por meio de desconto em conta corrente na Caixa Econômica Federal, se houver saldo disponível. Esta é a opção recomendada durante a adesão ao programa.

Caso não tenha interesse nela, existe a possibilidade de pagar o financiamento por boleto bancário, seja na rede bancária ou em casas lotéricas até a data do vencimento. Depois disso, deve-se procurar uma agência da Caixa ou lotérica para regularizar o débito.

Flavio Carvalho
Gestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.

Deixe seu comentário