Boleto Simples Nacional – Como emitir 2ª via e pagar o DAS

O Simples Nacional é o regime tributário utilizado por micro e pequenas empresas, e também por profissionais que atuam como MEI (Microempreendedor Individual). O boleto de pagamento do Simples Nacional é o DAS, documento que reúne os principais tributos a serem pagos pelo empreendedor.

O DAS é o Documento de Arrecadação do Simples Nacional, e deve ser emitido mensalmente para manter a empresa regularizada. Todo o procedimento para pagamento do DAS é simples e pode ser feito sem sair de casa, desde a emissão do documento até o pagamento em si.

A seguir, vamos explicar como fazer para emitir e pagar o boleto do Simples Nacional, inclusive a 2ª via do documento, além de conferir outras informações sobre esse procedimento fundamental para micro e pequenos empreendedores.

boleto simples nacional

O que é o boleto do Simples Nacional?

Conforme já foi dito, o boleto de pagamento do Simples Nacional é o DAS, que serve para fazer a arrecadação deste regime tributário. Com este documento, os pequenos e médios empresários podem facilitar consideravelmente a burocracia do pagamento de impostos.

Após o pagamento do DAS, o valor arrecada é distribuído automaticamente entre a União e o estado e município onde o contribuinte está filiado. Dessa forma, o empreendedor não precisa se preocupar com um processo burocrático mais extenso e trabalhoso.

Por isso o nome Simples Nacional, já que esta modalidade de arrecadação de impostos permite quitar todos os tributos a partir de um único boleto.

Em relação aos valores, eles variam de acordo com a área de atuação da empresa, e também o seu tamanho. Para quem é MEI, por exemplo, os valores de contribuição mensal são fixos, como já vimos em nosso texto sobre boleto de MEI. Enquanto isso, micro e pequenos empresários contribuem conforme seu faturamento.

Para mais informações sobre o Simples Nacional, inclusive valores de alíquotas, confira nosso artigo sobre a tabela deste regime tributário.

Como gerar o boleto de pagamento do Simples Nacional?

O procedimento para emitir o DAS – boleto do Simples Nacional – é bastante simples. Mas antes de começarmos, é importante destacar que o passo a passo a seguir não vale para quem é MEI. Se você é Microempreendedor Individual, o procedimento indicado é o descrito neste texto.

Para micro e pequenos empresários, o passo a passo é o seguinte:

  • Acesse a plataforma oficial do Simples Nacional em https://www8.receita.fazenda.gov.br/SimplesNacional/;
  • No menu localizado no canto direito da página, clique em “PGDAS e DEFIS” e selecione a opção de acesso desejada: Certificado Digital ou Código de Acesso.
  • Caso você não tenha nenhum dos dois, acesse https://www8.receita.fazenda.gov.br/SimplesNacional/controleAcesso/GeraCodigo.aspx para gerar um código de acesso. É importante guardar esse código com segurança, pois ele será necessário mais vezes;
  • Em posse do código de acesso ou do certificado digital, é só informar o CNPJ da empresa, o CPF do responsável e a confirmação de segurança nos campos indicados para fazer login;
  • No sistema do Simples Nacional, basta seguir o caminho indicado para fazer a emissão do boleto de pagamento. O processo é bem intuitivo, não tem erro.

Após finalizar o procedimento, você poderá clicar para imprimir o boleto. Ao selecionar essa opção, é possível fazer tanto a impressão do arquivo quanto baixá-lo no seu dispositivo.

Se você optar por imprimir, poderá pagar em agências bancárias autorizadas ou casas lotéricas. Mas se preferir, também pode usar o código de barras do arquivo para pagar pelo internet banking da instituição financeira da qual você é cliente.

Por fim, cabe destacar que esse é o mesmo procedimento para emitir segunda via do boleto, pois este passo a passo no sistema pode ser realizado para manter a guia do Simples Nacional atualizada.

Como negociar seus débitos

Assim como a emissão de boleto, o processo de renegociação dos débitos do Simples Nacional é diferente para MEIs e micro e pequenas empresas.

Quem é micro ou pequeno empresário deve acessar o site do Simples Nacional pelo mesmo link informado no início do passo a passo do tópico anterior. Em seguida, deve escolher a opção “Parcelamento – Simples Nacional” no menu à direita da página e fazer o seu login para seguir com o procedimento.

Enquanto isso, quem é MEI deve acessar o Portal do Empreendedor disponível neste link, clicar em “Já sou MEI”, depois “Pagamento de Contribuição Mensal”, e por fim “Parcelamento”. A própria página trará mais informações sobre os serviços disponibilizados e o processo necessário.

Em ambos os casos, a renegociação poderá ser feita pelo próprio portal, que informará os valores atualizados com juros e as condições de pagamento. É recomendado fazer esse procedimento com muita cautela, escolhendo uma opção que você realmente consiga pagar para não ter risco de ficar em débito com a Receita Federal.

Para evitar estes tipos de problemas, procure manter o pagamento do DAS sempre em dia, pois essa é uma conta muito importante para o seu negócio.

Felipe Matozo
Estudante de Jornalismo no Centro Universitário Internacional Uninter e ator profissional licenciado pelo SATED/PR. Ligado em questões políticas e sociais, busca na arte e na comunicação maneiras de lidar com o incômodo mundo fora da caverna.

Deixe seu comentário