Abertura das agências do INSS acontece amanhã em São Paulo

Conforme divulgado pelo INSS – Instituto Nacional do Seguro Social -, houve a reversão sobre a decisão judicial do Tribunal Regional Federal da 3ª Região, que em teoria suspendia a reabertura de forma gradual das unidades no estado de São Paulo.

Dessa forma, a partir de amanhã, dia 17 de setembro, o órgão retomará seu atendimento de forma presencial, reabrindo o total de 128 agências dentro de São Paulo, que podem ser consultadas rapidamente pelo site http://covid.inss.gov.br/.

Com essa decisão, há o reconhecimento de que o órgão tomou medidas de forma a garantir a segurança não só de seus funcionários, mas também de quem necessita dos demais serviços.

Atenção para o atendimento agendado!

Atendimento INSS

Depois de cinco meses de atendimento sendo feito totalmente de forma à distância, os segurados devem ficar de olho nas mudanças previstas, ainda evitando sair de casa sem necessidade! É importante lembrar que muitas coisas podem ser resolvidas de forma remota e sem a necessidade de enfrentar aglomerações.

Dessa forma, as agências ainda continuarão com o atendimento diferenciado.

Primeiro, as agências vão realizar o atendimento somente de forma agendada e em horário reduzido: apenas entre as 7h até 13h. Desse modo, os seguintes atendimentos terão prioridade:

  • Avaliação social;
  • Cumprimento de exigência;
  • Justificação administrativa;
  • Reabilitação profissional.

O interessado deve realizar o agendamento por meio do Portal Meu INSS, seja por meio do aplicativo ou pelo portal online. Ainda é possível utilizar o telefone 135 para quem procura por meios alternativos.

É válido destacar que quem não possui agendamento, NÃO será atendido nas agências de forma física, tudo isso para evitar aglomerações desnecessárias, conforme já foi determinado pelo Ministério da Saúde, permanecendo até segunda ordem.

Antecipação do auxílio-doença

Antecipação do auxílio-doença

Conforme já informado pelo INSS, assim que acontecer o atendimento presencial, só será permitido requerer o auxílio por incapacidade temporária em forma antecipada, sendo este no valor de um salário mínimo, aqueles que morarem em um município de distância maior do que 70 quilômetros da agência, da qual esteja disponível a perícia médica.

A antecipação de um salário mínimo mensal será somente pelo período que já foi definido por meio de atestado médico, se limitando em apenas 60 dias. Todos os atestados serão verificados em uma análise específica pela Subcretaria de Perícia Médica Federal, pela Secretaria de Previdência e por fim, pelo próprio INSS.

Em caso de prorrogação, caso o beneficiário deseje, será de acordo com o período de repouso que já foi informado no atestado médico, ou, será necessário realizar a solicitação de um novo requerimento depois da apresentação de um atestado médico novo, o que limita assim a prorrogação da antecipação no prazo de 60 dias.

Se você quer fazer o requerimento da antecipação, será necessário anexar via site oficial ou pelo aplicativo do Meu INSS, junto com uma declaração de responsabilidade diante dos documentos apresentados.

No atestado médico é necessário que:

  • Não tenham nenhum tipo de rasura;
  • Estar legível;
  • Ter a assinatura do profissional que emitiu, o carimbo de identificação, registro do respectivo Conselho de Classe ou Registro Único do Ministério da Saúde;
  • Possuir as informações da doença e o CID – Código Internacional de Doenças
  • Possuir o período de repouso recomendado.

Perícia Médica Federal

Perícia Médica Federal

Em conjunto com a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, a Perícia Médica Federal ordenou que as salas de perícias das agências do INSS fossem adequadas para a retomada presencial, depois de serem todas inspecionadas no início de setembro.

Essas novas inspeções vão acontecer em conjunto entre as duas empresas e caso seja comprovado que as salas tem a possibilidade de atendimento físico, serão assim retomados os atendimentos presenciais.

Há a orientação do INSS para que o segurado procure remarcar por meio do telefone 135, até segunda ordem.

O atendimento nas agências cobrará o uso de máscaras por parte dos segurados, além de que as temperaturas serão medidas, se estiverem dentro da normalidade (até 37,5º), continuará o atendimento.

Ademais, será necessário o uso de álcool gel para higienização das mãos no momento, manter o distanciamento de um metro entre demais pessoas e máscara em condições de uso, sem rasgos, danos ou demais problemas.

Caso a temperatura esteja acima do previsto, será negada a entrada do segurado, sendo assim, necessário procurar o atendimento de um posto médico.

Agora que você já sabe das principais orientações sobre o atendimento do INSS em São Paulo, é a hora de começar a primeira parte do agendamento via internet, somente assim se terá a possibilidade do atendimento presencial posterior.

Avatar
Jornalista formada pela PUCPR viciada em música de todos os tipos, livros e séries. Mestre em curiosidades inúteis, está sempre procurando fugir da rotina.

Deixe seu comentário